Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Operação Fim de Ano fecha com redução de 83 por cento de vítimas fatais na Régis Bittencourt

Por Assessoria de Comunicação | 4/01/2018

Br

Sandra Pereira No primeiro feriado prolongado após a conclusão das obras na Serra do Cafezal, não houve acidentes graves e fatalidades no trecho recém-duplicado.

A Autopista Régis Bittencourt fechou o balanço da Operação Especial preparada para o período de Fim de Ano, de 22 de dezembro até a meia-noite do dia 1º de janeiro. Durante os feriados de Natal e Ano Novo, foram registrados 238 acidentes, com 76 feridos e uma vítima fatal. Em relação à Operação Fim de Ano de 2016, houve uma redução de 83% no número de mortes – naquele ano, foram registradas seis vítimas fatais.

Esta foi a primeira operação de feriados que aconteceram após a Serra do Cafezal ser totalmente duplicada e liberada ao tráfego, no último dia 19/12. No período, não houve registro de acidentes graves e fatalidades no trecho recém-duplicado. Quanto ao tráfego, apesar do aumento durante os recessos, não houve registro de pontos de congestionamento, com os túneis em operação.

A Concessionária preparou um esquema especial, com o reforço das equipes operacionais para atender ao aumento do tráfego, contabilizando 4.669 atendimentos prestados aos usuários no período. Do total de atendimentos, foram 2.226 ocorrências de panes em geral e remoção de veículos; e 328 atendimentos clínicos, de auxílio médico a vítimas de acidentes. Mais de 20 mil ligações foram recebidas pelo telefone de emergência da Concessionária no período, pelo0800 70 90 116.

Um esquema especial de tráfego foi colocado em prática no trecho entre Itapecerica da Serra e Embu das Artes (SP), com a liberação do acostamento para auxiliar na fluidez do tráfego. A operação contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Sobre a Autopista Régis Bittencourt – Concessionária responsável, desde 2008, pelos 402 quilômetros da Rodovia Régis Bittencourt (BR-116/SP/PR) que liga as cidades de São Paulo (SP) e Curitiba (PR). A Autopista Régis Bittencourt, com sede social localizada na cidade de Registro (SP), local para onde deverão ser encaminhadas todas as comunicações legais, se constitui em pessoa jurídica distinta de Arteris S.A. (sua controladora societária).

Sobre a Arteris –A Arteris S.A. é uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil em quilômetros administrados, com mais de 3.70 km em operação. Por meio de suas dez concessionárias, a Arteris administra rodovias localizadas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná, importante eixo econômico e industrial do País. A companhia é responsável pela operação de cinco concessionárias federais: Autopista Fernão Dias, Autopista Régis Bittencourt, Autopista Litoral Sul, Autopista Planalto Sul e Autopista Fluminense. Também detém as concessionárias estaduais Autovias, Centrovias, Intervias, Vianorte e ViaPaulista, que atuam no interior de São Paulo. A Arteris é controlada pela espanhola Abertis e pela canadense Brookfield e mantém programas permanentes de conscientização. Em 2016, recebeu o Prêmio DENATRAN de Educação no Trânsito, com o Projeto Escola Arteris, programa com foco na humanização do trânsito por meio da cidadania, ética e convívio social. Saiba mais: www.arteris.com.br

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.