Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Pedágio na Régis Bittencourt vai subir para R$ 3,10 a partir da sexta-feira, 29

Por Assessoria de Imprensa | 28/12/2017

pedagio

Divulgação ArterisNova tarifa começa a vigorar a partir desta sexta depois de ser autorizada pela ANTT

A partir de zero hora do dia 29 de dezembro, a tarifa básica de pedágio da Arteris Régis Bittencourt, que administra a BR 116 SP/PR, será de R$ 3,10. O novo valor é válido para as seis praças de pedágio da rodovia. O reajuste autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) foi 3,33%.

 

De acordo com o contrato de concessão assinado em 14 de fevereiro de 2008, está previsto um reajuste anual da tarifa, sempre na data de aniversário do início da cobrança de pedágio na Régis, em 29 de dezembro. O reajuste contempla a inflação do período e a revisão extraordinária para compensação da não cobrança dos eixos suspensos, conforme determinado pela chamada Lei dos Caminhoneiros.

 

Desde o início da concessão, em 2008, a Arteris Régis Bittencourt investiu R$ 2,7 bilhões em melhorias na BR-116 SP/PR, como obras de recuperação da rodovia e serviços de atendimento aos usuários 24 horas. Neste mês de dezembro/17, a concessionária entregou as novas pistas na Serra do Cafezal, entre os municípios de Juquitiba e Miracatu, completando assim, a duplicação dos 30,5 quilômetros previstos - a obra mais importante do contrato de concessão.

 

A concessionária realiza também outros investimentos, como a manutenção constante do pavimento, sinalização vertical e horizontal, a construção de 21 dispositivos em desnível - acesso e retorno, além da implantação de 56 novas passarelas.

 

Abaixo, as localizações das praças de pedágio da Régis Bittencourt:

 

Km 299 – São Lourenço da Serra (SP)

Km 370 – Miracatu (SP)

Km 427 – Juquiá (SP)

Km 485 – Cajati (SP)

Km 542 – Barra do Turvo (SP)

Km 57 – Campina Grande do Sul (PR)

 

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.