Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Taboão proíbe tráfego de caminhões dia 6

Por Sandra Pereira | 26/11/2010

caminhao

Sandra PereiraTráfego intenso de caminhões prejudica trânsito e afeta asfalto da cidade

Com base em um estudo técnico feito nas últimas semanas a prefeitura de Taboão da Serra vai proibir a partir de 6 de dezembro o tráfego de caminhões na cidade. A medida extrema visa acabar com os problemas decorrentes da circulação de caminhões pesados na cidade após o prefeito Gilberto Kassab proibir o tráfego de caminhões na Avenida Francisco Morato.


De acordo com a secretaria de Comunicação de Taboão estudos preliminares indicam que diariamente 400 caminhões passam pelas ruas de cidade buscando rotas alternativas para chegar em São Paulo.
Entre as vias invadidas pelos caminhões que seguem com destino a São Paulo  estão a Paulo Ayres, Laurita Ortega Mari, Benedito Cesário de Oliveira, Estrada de São Francisco, Kizaemon Takeuti e Teófilo Otoni.


De acordo com o secretário de Transporte e Mobilidade Urbana, Claudinei Pereira, a medida foi tomada após Taboão se tornar rota alternativa em consequência da medida de Kassab.
Ele garantiu que as transportadoras da cidade  não serão prejudicadas pela proibição. “Vamos fazer um cadastro desses veículos e garantir que eles circulem normalmente”, afirmou, acrescentando que a medida é extrema, mas necessária para a cidade.


A nova rota adotada pelos caminhões está causando transtornos para os moradores e a médio e longo prazo vai se refletir no desgaste da malha viária em função do tráfego intenso dos veículos pesados.

Os municípios de Itapecerica da Serra e Embu também sofrem com o reflexo do aumento de caminhões nas ruas. Em Itapecerica a situação já é considerada grave e a prefeitura estuda como resolver o problema. Os caminhões que seguem com destino a Santo Amaro, especialmente, cortam caminho pela cidade, congestionam o trânsito, causam transtornos aos moradores e destróem o asfalto.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.