Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores de Embu aprovaram moção de repúdio a Geraldo Cruz por comentário em post sobre pastores

Por Sandra Pereira | 26/11/2017

gilson

Assessoria de Imprensa da CMETEVereador Gilson Oliveira, ex-funcionário e ex-apoiador do deputado Geraldo Cruz foi o autor da moção de repúdio contra ele

Os vereadores de Embu das Artes aprovaram moção de repúdio ao Deputado estadual Geraldo Cruz por um post feito por ele no Facebook comparando os pastores evangélicos Edir Macedo, Silas Malafaia e Waldomiro Santiago a um pastor alemão (cachorro). Parte da sessão da Câmara de Embu desta quarta-feira, 22, foi dedicada ao debate deste tema. Geraldo Cruz foi acusado de falta de respeito aos evangélicos e cobrado pelos vereadores da base do prefeito Ney Santos, que o acusaram de não trabalhar para trazer recursos ao povo de Embu das Artes. A reportagem do Jornal na Net procurou a assessoria do Deputado Geraldo Cruz, mas ele não quis comentar a moção de repúdio.

“Geraldo quando você quiser falar dos evangélicos, lave sua boca. Quero pedir ao secretário de saúde que arrume um psiquiatra porque esse cara tá louco. O Senhor é cara de pau deputado, pensa que o povo esquece, mas o povo está aprendendo a votar. O Geraldo pode até se retratar, vai dizer que foi um assessor, mas tem que se retratar perante a comunidade evangélica, até porque, aqui em Embu passamos de 70 mil evangélicos. Já votei no Geraldo Cruz no passado, hoje estou liberto, mas o povo votou no Geraldo para criar leis, para trazer recursos para a cidade”, disse Gilson Oliveira, autor do requerimento aprovado pela Câmara.

A moção de repúdio a Geraldo Cruz foi proposta por Gilson Oliveira (PMDB) e subscrita pelo presidente da Câmara, Hugo Prado (PSB), Jefferson do Caminhão (PSDB) e Ricardo Almeida (PRB). Todos eles fizeram falas incisivas contra o deputado Geraldo Cruz. Hugo Prado é católico, pré-candidato a deputado estadual e mira diretamente na cadeira de Geraldo Cruz, a quem se prepara para suceder na Alesp. Os dois últimos autores da moção são evangélicos e disseram se sentir ofendidos com o comentário do deputado no post de cunho religioso.

O estopim da moção de repúdio foi a resposta do deputado a uma enquete com o seguinte texto e foto de cada um: “Em que pastor você mais confia? 1) Silas Malafaia, 2) Edir Macedo, 3) Waldomiro Santiago , 4) Um pastor alemão”. A escolha de Geraldo Cruz ao post foi o cachorro da raça pastor alemão.


O comentário do deputado foi repercutido nas redes sociais pelo secretário de comunicação de Embu das Artes, Jones Donizete, e chegou ao conhecimento dos vereadores.

 

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.