Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Fórum em Taboão discute as demandas para melhorar a acessibilidade no município

Por Outro autor | 14/11/2017

cidoforum900

Divulgação

A Câmara Municipal de Taboão da Serra foi palco no sábado (11) do “2º Fórum de Acessibilidade, Inclusão e Cidadania” promovido pelo vereador Cido (DEM). Durante mais de cinco horas, vereadores, juiz, políticos, arquitetos e dezenas de pessoas discutiram os avanços e as necessidades relacionadas ao tema.

“Quando se faz um fórum, se quer ouvir a população e seus anseios, quer ouvir os técnicos e acredito que a gente acaba melhorando em diversos aspectos. E daqui saíram várias demandas e sugestões”, afirma Cido.

Ele lembra que o primeiro fórum culminou com várias conquistas. “Já temos vários resultados na cidade graças ao primeiro Fórum [realizado em 2015]. A cidade evolui na questão da acessibilidade e da mobilidade. No primeiro Fórum, eu solicitei ao poder público que fizesse as intervenções necessárias na cidade, como o ponto de ônibus, faixas de pedestres, entre outras demandas que foram realizadas”, diz.

Uma das áreas primordiais para melhoria da mobilidade é a do transporte público. Por isso, o secretário municipal de transportes, Gerson Brito, fez uma boa explanação do seu trabalho à frente da pasta, desde o início deste ano.

A Secretaria tem realizado fiscalização constante dos ônibus que realizam as linhas circulares e não tem poupado multas à empresa. Outro ponto positivo são os novos pontos de ônibus que facilitam o embarque e desembarque dos passageiros.

Responsável por condenar a empresa responsável pelo transporte no município a pagar R$ 50 mil a um cadeirante, que não conseguiu embarcar, o juiz Nelson Casalleiro elogiou a realização do Fórum.

“É evidente que a gente tem providencias do plano arquitetônico a se tomar, mas antes de tudo tem que criar uma mudança na mentalidade. E aqui, vereador Cido, que entra a importância de um evento como esse. A gente vai sair daqui e resolver todos os problemas? É evidente que não. Mas você planta a semente. Você problematiza”, diz Casalleiro.

Assim como já havia acontecido no 1º Fórum, coube ao poeta Edgar Izarelli de Oliveira fazer uma bela apresentação em cima de sua cadeira de rodas, arrancando aplausos dos presentes. 

Texto: Allan dos Reis 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.