Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Audiência Pública de Transporte revela impasse entre administração e Pirajuçara/Fervima

Por Sandra Pereira | 8/11/2017

selecao

Leandro Barreira - Assessoria de Imprensa CMTSSecretário Dr. Gerson Brito quer garantias de que novos ônibus não trarão aumento de passagem

A audiência pública da Comissão de Transportes na Câmara de Taboão da Serra ocorrida na segunda-feira (6) evidenciou um impasse entre até então mantido nos bastidores entre a empresa viação Pirajuçara/ Fervima e a administração. De um lado, a empresa comprou e quer por na rua 20 novos ônibus zero quilômetros. Do outro, a secretaria de Transportes não quer autorizar a circulação dos novos veículos sob o argumento de que a circulação deles pode ensejar em aumento de tarifa. Por causa do impasse a audiência foi tensa.

Numa fala firme, o secretário Gerson Pereira Brito, demostrou sensibilidade com a crise financeira do país. Se posicionou contra a possibilidade de aumento da passagem e sugeriu que a empresa pode deixar a cidade, “que tem outras 500 querendo entrar”. O secretário avisou que vai manter fiscalização constante do serviço de transporte municipal, como determina o contrato firmado entre a cidade e a empresa. A segurança dos motoristas e usuários é a maior preocupação do secretário, que desde o começo de sua gestão aplicou multas de quase R$ 1 milhão.

“O poder público é quem deve manter o controle do sistema, não o contrário. Não é a empresa que diz quando tem que comprar ônibus. O povo quer ônibus novo sim, mas não quer pagar mais caro. Quem tem que dizer quando tem comprar e que ônibus tem que comprar é o poder público. Não aceitamos essa conversa”, disse.

Ele chegou a dar um exemplo de pessoas que não tem dinheiro para pagar o valor total da passagem e acabam não sendo levadas ao seu destino porque os motoristas não tem autorização para transportar passageiros que não podem pagar a passagem na íntegra.

O secretário chegou pouco depois da audiência começar. Sua ausência tinha sido criticada, mas ele explicou que o atraso foi decorrente da falta de informação precisa sobre o horário. Logo depois relatou que está em busca de documentos para conhecer os custos da empresa e bater os números da planilha que incide no valor da passagem.

“Quando nós sentamos o empresário sempre fala: eu tô falindo e preciso de aumento. Então tá falindo e compra ônibus novos? Quero documentos dos últimos 5 anos para saber o custo real da empresa e analisar a tarifa. Eu quero documento. Não vem com conversa de auditor, eu quero ver. É minha obrigação fiscalizar”, disse.

Os advogados da empresa rebateram algumas falas do secretário, disseram que a empresa também prima pela legalidade. Disseram que a intenção dos novos ônibus não é aumentar a passagem, mas não deram garantias de que isso ocorrerá ou não. Os defensores da empresa alegaram que não houve retenção de documentos.

Durante a maior parte da audiência, a relação litigiosa entre a empresa responsável pelo transporte municipal e a administração ficou evidente e os vereadores membros da Comissão propuseram diálogo entre as partes.


O presidente da comissão, vereador Marcos Paulo (PPS), admitiu o impasse e pediu diálogo. O vice-presidente da Comissão Johnatan Noventa e o vereador Carlinhos do Leme seguiram a mesma linha.

“Ficou evidente que há um impasse jurídico e administrativo. Todos querem os ônibus rodando, mas há o receio de que isso impacte diretamente na planilha de passagem. Por outro lado é um direito contratual da empresa pedir o aumento. Mas essa decisão cabe a prefeitura e não a comissão. Fizemos a nossa parte para tentar entender, esse impasse, mas não viemos discutir aumento ou redução de passagem”, disse Marcos Paulo.

 

17/08/2018

Acidente na rodovia Régis Bittencourt deixa dezessete feridos

Dezessete pessoas ficaram levemente feridas após um acidente entre carreta e ônibus no...

08/08/2018

Supostamente embriagado, homem bateu carro contra muro e três veículos

Um homem aparentando sinais de embriaguez causou um acidente que provocou medo nos moradores e...

03/08/2018

SETRAM de Taboão discute acessibilidade e inclusão do deficiente

Sentados em cadeiras de rodas, ou com olhos vendados para simular a deficiência visual, agentes...

01/08/2018

Governo quer reduzir pela metade acidentes de trânsito em 8 a 10 anos

O governo federal, através do Ministério das Cidades, está coletando dados sobre acidentes de...

25/07/2018

Agentes de Trânsito tomam posse em Taboão e ampliam efetivo

A Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (SETRAM) de Taboão da Serra empossou, nesta...

19/07/2018

“Patriotas” continuam acampando as margens da Régis e trânsito fica lento

Desde a manhã desta quinta-feira 19, um grupo de manifestantes denominados “patriotas” continua...

17/07/2018

Em um ano, EMTU cancela três linhas em Embu e Itapecerica da Serra

Entre Janeiro de 2017 e Maio de 2018, a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos),...

17/07/2018

Grupo pede saída dos três Poderes, fecha Régis Bittencourt trava trânsito

Um pequeno grupo de pessoas autodenominados patriotas fechou a rodovia Régis Bittencourt em Embu...

11/07/2018

PRF encerra Operação 9 de Julho com diminuição dos mortos

O feriado de 9 julho celebra no estado de São Paulo a Revolução Constitucionalista de 1932,...

09/07/2018

Eleito campeão da Copa dos Recursos mais Incríveis da Lei Seca

Com a hashtag OSantoAjuda, a desculpa de um motorista que alegou ter perdido o controle do seu...

17/08/2018

Precisamos falar da copeira Dilma sequestrada, estuprada e assassinada

Foram 6 dias de dor, angústia, medo e uma busca intensa que terminou na descoberta do corpo com...

17/08/2018

Acidente na rodovia Régis Bittencourt deixa dezessete feridos

Dezessete pessoas ficaram levemente feridas após um acidente entre carreta e ônibus no...

17/08/2018

Só 16 por cento das crianças foram vacinadas contra sarampo e poliomelite

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.