Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Esporte

Gêmeas do karate de Taboão garantem lugar no pódio pelo Campeonato Brasileiro realizado em Salvador

Por Luciana Santos | 27/10/2017

getabo

Divulgação As irmãs começaram a competir em 2015, quando tinham apenas 7 anos e desde então nunca ficaram fora dos pódios

As gêmeas do karate de Taboão Yasmim Andrade Henrique e Gabriele Andrade Henrique, de 9 anos, conquistaram mais uma vez seus  lugares no pódio na final do Campeonato Brasileiro de Karate. Yasmim foi Vice-Campeã e a irmã garantiu o terceiro lugar. A competição aconteceu na cidade de Lauro de Freitas em Salvador.

As irmãs começaram a competir em 2015, quando tinham apenas 7 anos e desde então nunca ficaram fora dos pódios. Elas garantiram a vaga para a final do Campeonato Brasileiro na classificatória realizado em Vitória no Espírito Santo, realizado em junho.

As gêmeas do Karate como são conhecidas são alunas do sensei Manoel Lopes, da Secretaria de Esportes de Taboão da Serra. As meninas acumulam talento, técnica, disposição e muita dedicação, elas sonham em disputar um mundial e possivelmente disputar uma olimpíada e trazer medalha pra Taboão.

As atletas participaram de vários campeonatos importantes em 2017 como  o Campeonato Brasileiro Etapa Final em Salvador, classificatória em Vitória ES, Campeonato Paulista, Copa São Paulo de Karate, além das competições oficiais realizadas pela no nosso Estado. Irão competir ainda nesse ano o campeonato Karate Open Brasil e os Torneios dos campeões.

A mãe das gêmeas Josi Henrique afirma que sente muito orgulho das meninas, que elas são muito dedicadas e amam lutar. Elas sempre buscam se superar e dá o melhor e elas sempre buscam por medalhas e isso que dá mais orgulho.

Segundo Josi as meninas participam das competições, mas o custo é muito alto e ela teme que as meninas não possam competir por falta de recurso.

“Eu sou incentivadora porque acredito no potencial delas. Elas são bem ranqueadas e em todas as competições elas voltam com medalhas. Elas se dedicam, e se  empenham e isso nos motiva a batalhar para que elas consigam um patrocínio, porque o custo é muito alto, elas vão para as competições e a maior parte é custeada por nós, com ajuda de familiares e amigos, desabafou Josi.

Josi pede para quem tiver interesse e quiser ajudar as meninas a participar das competições e realizar o sonho de se preparar para a disputa de olimpíadas, pode entrar em contato com a mãe delas, pelo telefone (11) 99745-3244.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.