Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

PM prendeu acusado de tentativa de estupro e DP Central de Embu negou registro de ocorrência

Por Sandra Pereira | 7/08/2017

dp_embu1

Arquivo Jornal na NetPMs costumam reclamar do atendimento durante o registro de ocorrências no DP Central de Embu

As mulheres que moram em Embu das Artes vivem às voltas com medo dos estupradores que atuam nos mais diversos bairros da cidade. Recentemente, um acusado de estuprar vítimas nas regiões do Santa Tereza, Santa Emília e Santo Eduardo anda causando terror na mulherada. Neste final de semana uma mulher que mora na rua Brasil, no jardim Valo Verde, escapou por milagre de uma tentativa de estupro na noite deste domingo, 6.

Ela conseguiu se desvencilhar do criminoso encontrou uma viatura  enquanto corria na rua e repassou as características do acusado. Os policiais militares prontamente conseguiram prender o acusado e levá-lo para a Delegacia central de Embu. Após recusa do DP Central de receber a ocorrência no local, os PMs seguiram para a Delegacia do Jardim São Marcos, onde eles constantemente elogiam o atendimento e a celeridade na elaboração dos BOs.

Mas, como o acusado não conseguiu estuprar a vítima e como ele apresenta características diferentes da do criminoso que vem causando terror na região, os plantonistas da delegacia estão resistindo em autuá-lo por tentativa de estupro, apesar do depoimento da vítima.

A reportagem do Jornal na Net entrou em contato com a equipe de plantonistas da Delegacia e foi informada que a equipe “está averiguando as informações para ver se o acusado já respondeu por outros crimes e se de fato tentou estuprar a vítima”. Além disso, observaram que será preciso encontrar e conduzir a vítima até o DP.

A prisão do acusado ocorreu na noite de domingo. Até às 10h35 desta segunda-feira, 07 o caso seguia em andamento na Delegacia do São Marcos, onde foi registrado posteriormente, junto com várias outras ocorrências captadas durante o turno da noite.

As mulheres vítimas de violência e agressão sexual geralmente reclamam da demora e da relutância para o registro de Boletins de ocorrência contra seus agressores.

"Passou da meia noite eles não atendem mais. Muitas vezes chegam a fechar o DP pra dormir", denunciou um PM, argumentando que o problema atinge a população que também não encontra atendimento no local.


Atualização de informação às 8h53 do dia 10/09

Após a públicação da matéria, a reportagem do Jornal na Net, recebeu a informação de que quando os policiais miliaters estiveram na Delegacia Central de Embu para resgistrar com essa ocorrência, a equipe plantonista do DP estava atendendo ocorrência de grande porte. Foi por esse motivo que não houve o registro imediato da tentativa de estupro. Evidenciando que não houve recusa em registrar a ocorrência. Além disso, a área em que ocorreu o crime pertence ao 1º DP do São Marcos.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.