Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Presidente Joice Silva aprova Moção contra a Liberação da Maconha e Cocaína

Por Assessoria de Imprensa da Câmara de Taboão | 6/08/2017

Contra_liberar_drogas

Eduardo Toledo - Assessoria de Imprensa da CMTSJoice Silva seguiu ação defendida pelo PTB Nacional e se posicionou contra a liberação do uso de drogas

Por iniciativa da presidente Joice Silva (PTB), a Câmara Municipal de Taboão da Serra aprovou por unanimidade, na sessão do dia 1º de agosto, requerimento de Moção de Apoio à Frente Nacional Contra a Liberação da Maconha e Cocaína, lançada recentemente na Assembleia Legislativa de São Paulo.

O documento aprovado relata que está em curso no Supremo Tribunal Federal uma ação propondo a eliminação do artigo 28 da lei antidrogas, que proíbe o porte ou uso de qualquer quantidade de droga. Se a ação for aprovada, na prática haverá a liberação do porte e até do consumo de drogas. Por essa razão, o PTB, em nível nacional vem se mobilizando contra a aprovação dessa medida.

"Sabemos o mal que as drogas causam aos usuários e suas famílias. Isso sem contar que o seu uso financia a violência. Nosso papel enquanto legisladores é muito importante: somos contra as drogas e queremos deixar isso bem claro", afirma a presidente Joice Silva.

Para ela, é dever de todos alertar aos cidadãos para o risco da liberação das drogas. Ela cita a posição dos especialistas que alertam para o fato da maconha costumar ser porta de entrada para outras drogas.

"É inocente acreditar que a maconha é um mal menor, além de gerar dependência, ela traz prejuízos permanentes ao cérebro. O PTB é contra a liberação das drogas. Eu sou contra e agora com a aprovação dessa moção a Câmara de Taboão mostra que também é contra", afirma Joice Silva, antes propor a toda a cidade um pacto contra as drogas.



Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.