Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Humanidade aumenta degradação do planeta Terra, dizem ambientalistas

Por Outro autor | 2/08/2017

ambientalista

Divulgação Ambientalistas alertaram para a degradação do Planeta Terra, em debate no Museu do Amanhã 

O ser humano está exaurindo os recursos naturais do planeta Terra em uma velocidade superior ao que a natureza consegue se recompor, colocando em risco a qualidade de vida das próximas gerações. O alerta foi feito por ambientalistas nesta quarta-feira (2), que marca o Dia de Sobrecarga da Terra. Para dar visibilidade ao tema, houve atividades e debates em vários países. No Brasil, um dos eventos ocorreu no Museu do Amanhã, com transmissão simultânea pela internet.

“Estamos em um momento em que precisamos dar uma virada. Mudar o jogo na relação sociedade versus natureza. Temos uma janela de oportunidade de 10 ou 20 anos para reagirmos. Se isto não acontecer, as condições de vida no planeta vão estar comprometidas”, disse o diretor-geral do World Wildlife Found – WWF Brasil, Maurício Voivodic.

Segundo Voivodic, é preciso haver reflexão sobre os padrões de consumo de nossa sociedade. Uma das principais questões no Brasil, segundo ele, é debater o uso do solo para a agropecuária, que gera desmatamentos para plantações e criação de gado.

“A gente está indo ladeira abaixo. É preciso parar de converter os ecossistemas. Temos que mudar a produção, sem ir para cima dos ambientes naturais”, disse o diretor da WWF, que também apontou o aumento no desmatamento em unidades de conservação no país por falta de proteção. “Não basta criar. Temos que fortalecer e consolidar as unidades de conservação”.

A velocidade de degradação do planeta e dos biomas brasileiros também preocupa o ambientalista Bráulio Dias, ex-secretário executivo da Convenção sobre Diversidade Biológica da ONU. Ele demonstrou que grande parte dos ambientes naturais brasileiros já foram devastados, com destaque para a Mata Atlântica, que perdeu 78% de sua área original, o Cerrado (perda de 50%) e a Floresta Amazônica (perda de 19%).

“Tem sido difícil criar unidades de conservação no Brasil. Temos mais de mil espécies de nossa fauna ameaçadas de extinção”, alertou Bráulio. Ele apontou que cerca de 50% das unidades não têm funcionários suficientes, o que coloca em risco as áreas protegidas, deixadas à mercê de invasões de grileiros de terras, que transformam as matas em pastagens e plantações.

09/04/2018

Prefeitura de Itapecerica reabrirá Parque da Represinha no próximo dia 12

A Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, junto com Autarquia de Saúde da Prefeitura de...

28/03/2018

Temporal provocou alagamentos e deixou trânsito caótico em Taboão da Serra

As águas de março chegaram e, com ela, os problemas para quem precisa transitar pela Rodovia...

26/03/2018

Eleição para conselheiros da APA Santa Tereza tem inscrições abertas até 17/4

O Conselho Gestor de Área de Proteção Ambiental (APA) Santa Tereza, informa que a eleição para...

25/03/2018

Chuva que caiu em Taboão esta tarde causou alagamentos na Régis Bittencourt

A chuva que atingiu a cidade de Taboão da Serra na tarde desta terça-feira, dia 27, causou...

22/03/2018

Após risco de febre amarela, Cemucam será reaberto dia 30

A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo vai reabrir, em 30 de março,...

21/03/2018

Mudanças climáticas aumentam disputas judiciais por água e desafiam juízes

Em todo o mundo, juízes se deparam com a díficil tarefa de conciliar a aplicação de leis com a...

16/03/2018

Embu das Artes realizará neste domingo 18 o II Plantio Global

A Sociedade Ecológica Amigos de Embu em parceria com a Prefeitura de Embu das Artes irá realizar...

25/02/2018

Apesar de obras, São Paulo ainda precisa de chuva para evitar nova crise hídrica

Em março, enquanto especialistas e chefes de Estado estarão debatendo a gestão sustentável dos...

20/01/2018

Especialista diz que sociedade precisa estar preparada para viver com menos água

O diretor-presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal...

11/01/2018

Febre amarela mata todos os macacos bugios do Parque Horto Florestal

Todos os macacos bugios do Parque Horto Florestal, na Zona Norte da cidade de São Paulo, foram...

19/04/2018

Entra em vigor lei que aumenta pena para motorista embriagado

Entra em vigorar n

19/04/2018

Projeto Abril Solidário movimenta Faculdade em Taboão da Serra

O Projeto Abril Solidário, criado pelos alunos do curso de Pedagogia da Faculdade FECAF de...

19/04/2018

Inscrições com redução de taxa das Etecs de Taboão e Embu estão abertas

Estão abertas as inscrições para redução de 50% na taxa de inscrições do processo seletivo para...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.