Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Variedades

Instituto Zambini, empresa americana e Corinthians trazem Monster Jam para o Brasil

Por Sandra Pereira | 30/07/2017

moster_jam

Divulgação Coletiva e lançamento do evento aconteceu neste domingo, 30 e teve a participação do Jornal na Net

Uma parceria entre a empresa Feld, o Corinthians e o instituto Zambini, especialista na realização de concursos públicos nos municípios de Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica e região vai levar para a Arena Corinthians, no dia 16 de dezembro, o Monster Jam, torneio de carros gigantes bastante popular nos Estados Unidos. O anúncio do evento aconteceu neste domingo, antes da partida entre Timão e Flamengo, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. A reportagem do Jornal na Net participou da coletiva de lançamento do evento neste domingo, 30, na Arena Corinthians. 

A parceria entre a empresa norte americana o Zambini e o Corinthians tem contrato firmado por 10 anos. Os idealizadores do evento garantem que o evento é ideal para diversão em família e deverá atrair público expressivo já que vai manter o padrão do que é realizado nos Estados Unidos, onde é sucesso de público e já virou tradição.

Os veículos do Monster Jam se exibirão no gramado do estádio alvinegro, que terá de ser trocado depois. Os ingressos para prestigiar o evento vão custar entre R$ 65 e R$ 350. A venda de ingressos vai começar para os fieis torcedores no dia 7.

O valor do investimento necessário para a realização do show não foi divulgado, segundo os organizadores, por conta da política de sigilo da empresa americana que já realiza o evento em vários países incluindo China e Argentina, por exemplo.

O presidente Corinthians, Roberto de Andrade, garantiu que o uso do gramado durante o evento não causa preocupação, até porque já estava prevista uma reforma no campo. O clube também assegura que a locação do espaço não afetará uma eventual disputa da final da Copa Sul-Americana, prevista para o dia 13 do mesmo mês. Assim, a estrutura do Monster Jam terá de ser montada em três dias.

– Todos achavam que nosso estádio só estava pronto e preparado para receber jogo de futebol. Estamos mostrando que não, nossa arena é multiuso – declarou.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.