Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Prefeitura de Taboão intensifica fiscalização no transporte público

Por Edimon Teixeira | 21/07/2017

lacre600

Edimon TeixeiraSecretaria de Transporte está fazendo trabalho inédito na cidade 

Extintores descarregados, saída de emergência sem lacre, vazamento de ar,lanternas danificadas, pneus desgastados e má conservação da limpeza. Estas foram algumas das dezenas de falhas constatadas pelas vistorias realizadas nos veículos responsáveis pelo transporte público na cidade de Taboão da Serra. A prefeitura de Taboão da Serra, por meio da secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (Setram), intensifica a fiscalização dos serviços de transporte público na cidade, e, os dados atualizados das vistorias apontam irregularidades em 22 dos 124 ônibus das nove linhas circulares que atuam no município.

“Apesar de a parcela de carros impróprios representar 17% do total de veículos em atividade, o ideal é que 100% da frota esteja em condições de atender a população”, defende Gerson Brito, responsável pela pasta de Transportes, que
anuncia que tem adotado medidas que “vão garantir tolerância zero às omissões”.

“Por causa das falhas, algumas com sérias ameaças à integridade dos passageiros, nós autuamos as empresas em R$ 735 mil”, revela o gestor, que acredita que os valores devam aumentar. “Fazemos inspeções periódicas e na última semana encaminhamos novas notificações às responsáveis”, completa.

Brito é autor do projeto que estabelece normas mais rígidas na inspeção do transporte público (PORTARIA SETRAM Nº GS 004/2017), em vigor desde fevereiro de 2017. O regulamento normatiza o que já está previsto no contrato de concessão do serviço na cidade, explorado hoje pelas viações Fervima/Pirajuçara.

A normativa tem como base legal o que está previsto do artigo 103 a 107 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Ainda as Resoluções nº 416/2012 e 445/2013, do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), que estabelecem os requisitos de segurança no transporte público, além do contrato da prestação do serviço.

Raio X

A Setram promove inspeções regulares desde a promulgação da portaria e, apenas nas ações realizadas entre os dias 04 e 07 de julho, dos 22 veículos vistoriados, nove foram lacrados e direcionados às garagens das empresas. Constatou-se em um dos carros 29 pontos em desacordo com o que determina a legislação.

“Devido à nova metodologia adotada na fiscalização temos constatado um número maior de irregularidades”, aponta Robson Bernardes, Coordenador do Departamento de Transportes (DEPTRANS), órgão de controle subordinado à secretaria de Transportes e Mobilidade, responsável pela realização das vistorias.

A portaria utiliza de escalas que vão do nível 1 ao 3 , onde as falhas, e as eventuais punições relacionadas a elas, são agrupadas por ordem de relevância – Nível 1, Leve, Nível 2, Média e Nível 3, Grave. Os dois primeiros não levam a interdição dos veículos, diferente do 3º, que requer o lacre imediato.

De acordo com o relatório elaborado pelos agentes da Setram, os veículos vistoriados e que foram impedidos de circular, apresentaram falhas nos três níveis da escala, que incluía extintores descarregados, saída de emergência sem lacre, vazamento de ar, lanternas danificadas e má conservação da limpeza.

As vistorias são feitas na presença do motorista do veículo e os itens reprovados são relacionados em documento, que inclui relatório fotográfico das falhas, para abertura de processo administrativo. “Depois de retido, o veículo só será liberado quando a empresa reparar todas as falhas apontadas”, explica o agente.

Apesar do rigor da fiscalização, Gerson Brito reitera o caráter pedagógico das inspeções. “Temos mantido diálogo constante com as concessionárias e consideramos esta a forma mais eficaz de lhes dar ciência de suas falhas”, pondera. “E também para que as corrijam o mais breve possível”, acrescenta.

23/05/2018

Caminhoneiros voltam a fechar BR em Embu das Artes contra preço do diesel

Pelo terceiro dia seguido, caminhoneiros protestam contra a alta no preço do diesel e bloqueiam...

22/05/2018

Protesto de caminhoneiros fecha rodovia Régis Bittencourt em Embu das Artes

Caminhoneiros fecharam a Rodovia Régis Bittencourt, na altura do km 280, nesta terça-feira, 22,...

21/05/2018

Ônibus desgovernado desce rua e colide em prédio da prefeitura de Taboão

Um ônibus da viação Madureira que estava estacionado nas imediações do Parque das Hortênsias...

21/05/2018

Corpo de homem atropelado na Régis aguarda identificação no IML de Taboão

Um homem morreu atropelado na madrugada desta segunda-feira, 21, no km 307 da Rodovia Régis...

19/05/2018

Vias de Taboão recebem obras para fluidez do trânsito e segurança dos pedestres

Seguem, em ritmo acelerado, as obras realizadas pela Secretaria de Transportes e Mobilidade...

17/05/2018

Vereador Marcos Paulo fará Fórum e passeio ciclístico para marcar Maio Amarelo

Proteger a vida, garantindo a segurança no trânsito de pedestres e veículos é o objetivo do...

14/05/2018

Acidentes no trânsito têm impacto de R$ 199 bi na economia

Um estudo com base nos indicadores do seguro obrigatório de automóveis DPVAT, divulgado hoje...

11/05/2018

Detran.SP disponibiliza três novos serviços eletrônicos

Sempre buscando facilitar a vida do cidadão por meio da inovação tecnológica, o Departamento...

11/05/2018

Prédios públicos de Taboão ganham iluminação para campanha Maio Amarelo

Em apoio às ações de conscientização aos acidentes de trânsito, a cidade de Taboão da Serra...

07/05/2018

Caminhão pega fogo e trava trânsito na Régis Bittencourt de Itapecerica a Taboão

A semana começou com trânsito completamente parado na Rodovia Régis Bittencourt, depois que um...

23/05/2018

Caminhoneiros voltam a fechar BR em Embu das Artes contra preço do diesel

Pelo terceiro dia seguido, caminhoneiros protestam contra a alta no preço do diesel e bloqueiam...

23/05/2018

Johnatan Noventa aprova projeto para sinalizar locais com acidentes frequentes

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade, na sessão desta terça-feira, 22, o...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.