Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Variedades

Governador Alckmin inaugura, no Brás, sede da SP Escola de Teatro

Por Assessoria de Imprensa | 4/07/2017

teatr

Divulgação Espaço irá oferecer cursos, projetos especiais, ateli&

Na manhã desta segunda-feira, 3 de julho, o governador Geraldo Alckmin, acompanhado do secretário da Cultura do Estado, José Luiz Penna, inaugurou oficialmente a nova sede da SP Escola de Teatro. O local passou por dois anos de reforma, restauro e requalificação de áreas complementares. Durante o período de reformas no Brás, a SP Escola de Teatro ocupou, além da Sede Roosevelt, que continuará recebendo atividades, dois outros imóveis: um na Rua Marquês de Itu e outro na Rua Rêgo Freitas, ambos na região central de São Paulo.

 

"Restauramos um edifício com mais de um século, tombado pelo Condephaat e de grande importância arquitetônica e histórica. Mas, o mais importante, a SP Escola de Teatro forma 2 mil profissionais para trabalhar nas mais diversas áreas do teatro por ano e mais de 70% já sai empregado", destacou o governador.

 

Para José Luiz Penna, a mudança é positiva e marca a intenção da pasta de fortalecer cursos de formação cultural. “É muito importante que a Secretaria, por meio da nova sede da SP Escola de Teatro, ofereça mais oportunidades de cursos para jovens aprendizes. E é uma satisfação estarmos em um prédio histórico e tombado na zona leste da capital".

 

Localizado na Rua Rangel Pestana, no bairro do Brás, o edifício guarda memórias do período da Primeira República, que promoveu um novo sistema educacional, com inúmeras formas de organização de ensino, entre elas, as chamadas Escolas Normais. A proposta pedagógica do período se refletia na arquitetura das escolas: projetado em 1911 pelo engenheiro e arquiteto Manuel Sabater, o prédio recebeu a missão de expor a importância das novas instituições provenientes do esforço republicano em propagar o ensino público.

 

A Escola Normal do Brás foi inaugurada em 1913 e era exclusivamente feminina. A arquitetura é baseada no Ecletismo, estilo característico do primeiro quarto do século XIX que compreendia a somatória de produções arquitetônicas como o Clássico e o Art Nouveau e era sinônimo de progresso.

 

Durante a reforma, foram realizados reparos das infiltrações nas paredes, restauro das esquadrias, troca de vidros e pintura, restauro do piso e do forro, readequação do sistema de combate a incêndio, entre outros reparos. A obra também trouxe novidades: a adequação das normas de acessibilidade, incluindo a instalação de elevadores acessíveis e a construção de um auditório, que será usado como teatro.

 

Como sede da SP Escola de Teatro, o novo espaço terá parte de sua estrutura dedicada aos Projetos Especiais, que reúnem as residências artísticas – grupos de teatro que ocupam a Escola para criar e trocar experiências com aprendizes – e peças de teatro em temporada. Também vão migrar para o prédio histórico os Cursos Regulares, os de Extensão e os de Circo, além da biblioteca e o setor administrativo. Paralelamente, a sede da Praça Roosevelt funcionará como um espaço de encontro e de ensino, abrigando aulas técnicas de iluminação e sonoplastia em estúdios.

 

O teatro é acessível, tem capacidade para 148 lugares e será usado para uso interno dos aprendizes, cumprindo o papel pedagógico da Escola. Com o tempo, é possível que o espaço passe a abrigar também os espetáculos resultantes das residências artísticas.

 

Para celebrar a inauguração, a Escola lançou o projeto Ocupa Brás, voltado para companhias teatrais e circenses. O objetivo é ceder espaço e sua estrutura para que coletivos artísticos possam trabalhar novos espetáculos, exercícios e até mesmo criações. Neste momento, a sede é base da residência artística do projeto “Nos Trilhos Abertos de um Leste Migrante”, uma investigação sobre território e migração, desenvolvida pelo Coletivo Estopô Balaio. Para o segundo semestre, estão previstas as residências criativas de dois espetáculos e a oficina “Dramaturgia para Mulheres Imigrantes”, da Cia. Obsessiva. Para se inscrever no Ocupa Brás, os grupos precisam enviar propostas para o e-mail residencias@spescoladeteatro.org.br.

 

Inaugurada em 2010, a SP Escola de Teatro surgiu em meio ao crescimento da produção teatral e do número de salas de espetáculos no país, como uma forma de democratizar o acesso da população à formação artística. O espaço oferece cursos de formação (regulares e de extensão) em teatro, incluindo disciplinas como Atuação, Cenografia e Figurino, Direção, Dramaturgia, Humor, Iluminação, Sonoplastia e Técnicas de Palco para 400 pessoas por ano, além de cursos livres de extensão. Desde sua inauguração, mais de 2 mil aprendizes passaram pela Escola. Somente em 2016, a Escola recebeu 86 artistas convidados, 4 artistas residentes e ofereceu 27 cursos de extensão.

 

Mais história

 

O engenheiro Manuel Sabater foi responsável, a partir de 1910, por importantes projetos de grupos escolares realizados na capital e em grandes cidades do interior. O mesmo projeto da Escola Normal do Brás previa outro prédio semelhante para o Grupo Escolar de Santos, também referência histórica na cidade. Por esse motivo, ambas as escolas possuem a mesma linguagem arquitetônica no que diz respeito às fachadas e plantas praticamente iguais.

 

Com valor histórico inegável na paisagem da cidade e na evolução educacional do Estado de São Paulo, o edifício do Brás foi tombado pelo Conselho do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat) em 1988. O mesmo processo tombou outras 122 escolas públicas da capital e do interior.

 

Em 2004, o espaço foi transferido da Secretaria da Educação do Estado para a Secretaria da Cultura do Estado.

 

21/09/2018

Cantor Léo Santana grava videoclipe de seu novo hit em Embu

O cantor Léo Santana e toda a sua equipe de produção estiveram presentes na última quarta-feira,...

12/09/2018

Mega-Sena pode pagar R$ 28 milhões nesta quarta-feira

10/09/2018

Palestra gratuita sobre Gestão Financeira reuniu empresários de Itapecerica

A palestra realizada no último dia 24, pela Vínculo Empresarial Contabilidade, sobre Gestão...

10/09/2018

Prefeitura de Taboão da Serra prorroga as inscrições de Concurso Público para mé

A Prefeitura de Taboão da Serra, no Estado de São Paulo, comunica a todos que estão prorrogadas...

10/09/2018

Fábrica de empregos e PAT disponibilizam 32 vagas de emprego para Embu e SP

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) da Prefeitura de Embu das Artes e a Fábrica de...

04/09/2018

McDonald’s garante que irá pagar benefício a ex-funcionários de Embu

Ex-funcionários da rede McDonald’s residentes em Embu das Artes e outras cidades, que...

31/08/2018

Tradicional Corrida do Fogo Simbólico da Pátria acontece sábado em Embu

A “29ª Corrida do Fogo Simbólico da Pátria” acontecerá sábado (1/9) com apoio da Prefeitura de...

31/08/2018

Intervenções no Jd. Bom Tempo, em Taboão, melhoram fluidez do tráfego

A Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (SETRAM) entregou nesta terça-feira (28), a...

21/09/2018

PF busca em Taboão e SP quadrilha que fraudava seguro-desemprego

A Polícia Federal realizou, na última quinta-feira, dia 20, mandados de busca e apreensão em...

21/09/2018

Seis pessoas foram presas por saquearem carga de caminhão que tombou na Régis

Seis pessoas foram presas, na tarde da última quinta-feira, dia 20, por participarem de saques a...

21/09/2018

TRE determina retirada de fake news contra deputada Analice Fernandes

O Tribunal Regional Eleitoral determinou ao Facebook a remoção de fake news - notícia falsa...

ingle

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.