Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Audiência Pública na Câmara Municipal debateu investimentos da saúde em Taboão da Serra

Por Assessoria de Imprensa da Câmara de Taboão | 24/06/2017

cama

Eduardo Toledo No início da audiência pública

A Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou no último dia 14 uma nova audiência pública para debater e tornar público os investimentos que estão sendo feitos pela prefeitura. Os dados apresentados pela secretária de Saúde, Dra. Raquel Zaicaner correspondem ao primeiro quadrimestre deste ano.

Segundo Eduardo Nóbrega, presidente da Comissão, a prestação de contas atende a um dispositivo da Constituição Federal. “Foi uma audiência pública muito importante, com a participação recorde da população. Muitos moradores vieram cobrar explicações e reivindicar ações pontuais na área. Esse envolvimento dos moradores é fundamental para que consigamos um melhor atendimento nas nossas unidades”.

No início da audiência pública a secretária de saúde apresentou os dados relativos aos investimentos na saúde nos primeiros quatro meses do ano. Segundo ela, a prefeitura gastou R$ 43,8 milhões na área, um total de 28,96% do orçamento municipal no mesmo período.  “Estamos mantendo os investimentos dos últimos anos, é muito mais do que os 15% que a constituição prevê, mas nossa rede é muito grande”, afirmou a Dra. Raquel Zaicaner.

Os vereadores cobraram informações sobre o número de ambulâncias em operação na cidade, além do número de trotes feitos ao Samu. No quadrimestre, foram realizadas 11.379 chamadas ao 192, destas ligações, 1.791 foram trotes e outras 2.993 pedidos de orientação. Zaicaner disse que a prefeitura está utilizando também ambulâncias brancas para a remoção de pacientes, além das viaturas do Samu, no atendimento de emergências.

Sobre os casos de Dengue, uma ótima notícia. Entre janeiro e abril, apenas dois casos da doença foram confirmados na cidade, um número muito abaixo do esperado para o período. “Realizamos campanhas de conscientização, colocamos agentes nas ruas, a população ajudou muito, todos entenderam que o combate ao Aedes aegypti deve ser feito em conjunto, entre poder público e a população”.

O vereador Alex Bodinho pediu que a secretária apurasse as reclamações da população em relação ao atendimento nas Unidades Básicas de Saúde. “Muitas vez+es os pacientes reclamam da forma como são tratados e recepcionados. Isso é básico, temos que melhorar esse atendimento, devemos procurar uma forma mais humanizada de receber os cidadãos que procuram as UBSs”.

Já a vereadora Rita de Cássia pediu informações sobre o atendimento nas unidades de emergência. “Sabemos que o grande gargalo é o pronto-atendimento, recebemos muitos pacientes de outras cidades e por isso as unidades acabam ficando mais cheias. Temos que solucionar esse problema, é um desafio que temos que resolver”.

Participaram da audiência pública os vereadores Eduardo Nóbrega, Alex Bodinho, Rita de Cássia, Cido, Ronaldo Onishi e André Egydio.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.