Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Hugo Prado viabiliza parceria e traz cursos superiores da UniVesp para Embu

Por Sandra Pereira | 25/06/2017

hugo

DivulgaçãoHugo Prado esteve com secretário de Educação de Embu, Pedro Ângelo, Terrassi e representante da UniVesp para discutir detalhes da parceria

O desemprego crescente em Embu e a falta de mão-de-obra qualificada ampliam a necessidade de investimento em educação profissional. Em sintonia com essa necessidade, o presidente da Câmara, Hugo Prado, buscou parceria com a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UniVesp) e trouxe para o município cursos de formação em Engenharia da Computação, Engenharia da Produção, Matemática e Pedagogia.

Ao todo são 200 vagas sendo 50 em cada curso. As inscrições começaram no dia 12 e seguem abertas até 10 de julho. A iniciativa do presidente da Câmara contou com apoio do prefeito Ney Santos e foi bem recebida pelo vice-governador Márcio França que ajudou a concretizar a parceria.

“Todos nós sabemos que a educação abre portas. Em tempos de crise a formação adequada é um importante diferencial para conquistar um emprego. Com esses cursos os moradores da nossa cidade vão estar bem preparados para buscar espaço no mercado de trabalho”, comemorou Hugo Prado.


Segundo ele, o vestibular para o preenchimento das vagas vai ocorrer no dia 27 de julho. Os cursos são no formato de Educação à Distância com uma aula semanal. As aulas vão começar no mês de agosto. O polo da UniVesp no Embu será no Parque Rizzo. Para se inscrever os candidatos precisam acessar o site http://www.vestibularunivesp.com.br/home/


“O grande diferencial dos cursos que vão ser oferecidos é o fato de todos terem fácil inserção no mercado de trabalho.

Nós escolhemos cada um deles pensando no melhor para os moradores. Diferente do passado, onde muito se falou em uma universidade, agora nós teremos cursos superiores em áreas com possibilidade real de emprego”, disse.


A UniVesp foi criada em 2012 com o propósito de colocar a tecnologia a serviço da educação e, assim, contribuir com a universalização da excelência do Ensino Superior no Brasil.


O primeiro vestibular aconteceu em 2014 com oferta de 3.330 vagas para graduação em Engenharia de Computação e Engenharia de Produção, assim como licenciaturas em Matemática, Física, Química e Biologia. Em 2016, foi realizado um novo processo seletivo com disponibilidade de 918 vagas para uma segunda turma de Engenharia de Computação e Engenharia de Produção.

Atualmente, além desses seis cursos de graduação, a entidade oferece cursos de especialização para a formação docente no ensino mediado pelas tecnologias.

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.