Greve de professores da rede municipal de ensino já ultrapassa 50 dias

Por Luciana Santos | 22/06/2017

Professores da rede municipal de ensino ainda não entraram em acordo com a prefeitura e decidiram manter a greve que já ultrapassa 50 dias. Sem um acordo eles aguaram decisão da justiça a respeito da concessão. Os professores reivindicam a concessão de dissídio e vale-transporte pelo poder municipal.


Paralisados desde o dia 28 de abril, os servidores da educação realizaram assembléia na manhã da última terça-feira (20), no Parque das Hortênsias e decidiram manter a greve.


A paralisação é exclusiva dos servidores da rede municipal de ensino. Os grevistas têm como objetivo principal o reajuste salarial e a concessão de vale transportes.


De acordo com os grevistas os servidores estão há seis anos sem reajuste salarial. Eles afirmam que estão ganhando apenas R$ 730, 00, R$ 630,00 menos que um salário mínimo que é de R$ 937,00.

Comentários