Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Mudanças no trânsito de Itapecerica são questionadas por comerciantes

Por | 4/11/2010

reuniao_joao_2.JPG

Comerciantes reclamam da mudança do ponto de ônibus

Com mais de 1 milhão de veículos trafegando pelas principais ruas e avenidas de Itapecerica da Serra, o secretário de trânsito, transportes e segurança, João Pereira tomou diversas providências para amenizar o trânsito na cidade, que de acordo com dados divulgados aumentou muito após a construção do rodoanel.

Apesar de agradar muitas pessoas e as mudanças terem surtido efeito positivo no trânsito, os comerciantes da rua Henrique Sortes Fernandes insatisfeitos com a mudança do ponto para a rua Virgilio Busnello, procuraram a vereadora Regina Corsini na sessão da Câmara Municipal, dia 28, e Corsini agendou uma reunião com o secretário.

Na reunião realizada nesta quinta-feira, 04, na secretaria, os cerca de quatro comerciantes apresentaram a queixa sobre a mudança do ponto de ônibus do começo da rua (esquina com a rotatória Belchior de Pontes). “Perdemos alguns clientes que precisam tomar condução, porque eles precisam ir muito longe para pegar o ônibus. A mudança foi ruim, nos sentimos prejudicados”, queixaram-se os comerciantes.

Em mãos com o abaixo assinado de 12 folhas, cada uma contendo 30 assinaturas, os comerciantes, juntamente com a vereadora Regina Corsini, pediram explicações e soluções para João Pereira. “Por determinação do Ministério Público foi necessário mudar o ponto de local, pois a parada dos ônibus e vans atrapalhava muito o tráfego de veículos e o trânsito era intenso, tanto para quem ia sentido centro, tanto para a XV de Novembro”, explicou o secretário.

Com a mudança, além das duas faixas que a rua ganhou (sentido centro – esquerda) e (sentido XV e BR – direita) o trânsito fluiu menos carregado, segundo João Pereira. “A mudança foi favorável e não é possível retornar com o ponto para a rua.

A solução pode ser criar balsas para o estacionamento dos ônibus, na própria rua, onde os ônibus e as vans encostam e pegam os seus passageiros, sem obstruir o tráfego dos outros veículos. O prefeito está interessado na solução e os vereadores lutam bastante, por isso acredito que é possível criar a balsa”, opinou.

Empenhada em ajudar os comerciantes, Regina Corsini, vereadora, afirmou que irá preparar uma indicação para que seja feito uma balsa na rua. “Vou produzir a indicação para que todos os vereadores assinem e depois marcarei uma reunião com o prefeito”, prometeu.

Conheça as outras mudanças no trânsito de Itapecerica:

Com a proibição de estacionamento nos dois lados da avenida, mudanças de lombadas, proibição do tráfego de caminhões, retornos o trânsito não é mais o problema da avenida XV de Novembro, que apresenta em média tráfego de 700 mil veículos por mês.

De acordo com o secretário, João Pereira, além da mudança do ponto de ônibus e da XV de Novembro outras providências estão sendo tomadas para diminuir o trânsito na cidade. “As mudanças são realizadas na rua Manoel Maximiano da Rosa, Praça da Bandeira, Miguel Rogter Domingues, Américo Vazone (que agora é mão dupla) e Felipe Caliera. Acredito que é possível notar a melhora no trânsito”, concluiu.

Segundo dados divulgados pela Secretaria de Segurança, Trânsito e Transportes da cidade, as principais vias de acesso apresentam elevado tráfego de veículos, demonstrando desta maneira que estão saturadas.

Os dados divulgados de janeiro a agosto são: Avenida XV de Novembro apresentou em média tráfego de 16.158 veículos ao dia.

A Estrada de Itapecerica contabilizou 6.508 por dia e 384 mil veículos por mês. Já a Estrada Ary dos Mandus somou de janeiro a agosto em média o número de 4.542 por dia e 190 mil veículos por mês.

reuniao_joao.JPG

Reunião de comerciantes, vereadora e secretário

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.