Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Ney Santos rebate críticas de Geraldo Cruz e diz que ele vai perder a eleição de deputado e o rumo

Por Sandra Pereira | 12/06/2017

nei

Arquivo do Jornal na NetPrefeito diz que se Geraldo Cruz for inteligente nem disputa eleição e o acusa de não saber nada na vida além de ser político

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) rebateu em entrevista ao Jornal na Net as críticas que recebeu do deputado estadual Geraldo Cruz (PT), durante entrevista coletiva em que falou sobre a absolvição pelo TSE no processo que respondia por abuso de meio de comunicação por conta de artigos publicados no jornal Folha de Embu. Ney Santos acusou Geraldo Cruz de não cumprir sua função como deputado estadual, já que a região, segundo ele, sofre com a ausência de ação do governo do estado, que se reflete na falta de segurança, dificuldade de leitos no Hospital Geral do Pirajuçara e problemas no transporte público.

Além disso, o prefeito acusa o opositor de não saber perder, de estar acostumado a fazer tudo que quer e mentir para a população sobre não querer disputar eleição. Ney Santos avalia que o deputado deveria deixar a vida pública antes de sofrer outra derrota esmagadora, que segundo ele o fará perder o rumo e a vida. Por fim, o prefeito de Embu confirmou a candidatura de Hugo Prado a deputado e falou da relação com o ex-prefeito Chico Brito.

“O que me chama mais atenção é que o deputado tinha que gastar as energias para representar a nossa população lá no Estado. O que a gente tem visto é o HGP cada vez mais caindo a qualidade. As empresas dos ônibus intermunicipais a mesma coisa. Na segurança pública da nossa cidade e da nossa região, que é responsabilidade do estado, não tenho visto melhoria nenhuma. Geraldo Cruz não tem que gastar as energias cuidando da minha vida, nem fazendo oposição a mim. Tem que gastar trabalhando pela população”, disparou o prefeito acrescentando que a cidade “não tem um deputado, nem para cobrar recursos, como por exemplo do DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos)”.

O prefeito avaliou que o deputado foi derrotado na eleição de 2016, quando disputou a prefeitura de Embu, com uma vantagem de voto muito maior. Ney Santos cobrou coerência  do deputado, que segundo ele tem que entender que o seu mandato começou faz 4 meses, enquanto o PT ficou 16 anos no governo, sendo 8 com Geraldo Cruz e o restante com Chico Brito.

“Ele não pode ficar tentando atrapalhar o nosso governo. Quando ele atrapalha o governo, atrapalha a população. Eu represento os 260 mil habitantes de Embu, não somente as pessoas que votaram em mim. Estou representando inclusive ele. As melhorias que nós estamos trazendo pra cidade ele também vai usufruir. O asfalto que estamos trazendo ele vai utilizar. No mais essas críticas não me atrapalham, ao contrário, me deixam com mais vontade de trabalhar. As críticas me fortalecem. Me dá mais vontade de fazer aquilo que eles não fizeram, pra gente chegar daqui a 04 anos e a população falar bem assim: escolhemos a pessoa certa”, conta.

Ney Santos disse não acreditar que Geraldo Cruz ficará de fora da disputa de deputado estadual em 2018. Para ele, o deputado mentiu quando demonstrou interesse de ficar de fora da disputa.

“É mais uma mentira que sai da boca dele. Todas às vezes é a mesma ladainha: não vou sair candidato e quando chega lá é candidato. Ele falava a mesma coisa em 2014. Agora,  se eu fosse ele, não sairia mesmo porque  vai sair para perder a eleição novamente. Isso é óbvio. Se você pegar a votação do Geraldo de uns anos pra cá ela só vem caindo, caindo, caindo. Para mim, o tiro de misericórdia dele foi a eleição para prefeito que ele dava  como ganha e perdeu feio. Já estava comemorando como como se fosse prefeito e passou vergonha e decepção na urna”, salientou.

O prefeito de Embu avalia que apesar da quantidade de candidatos a prefeito que a cidade teve em 2016 a disputa ficou polarizada entre ele e Geraldo Cruz. Já na eleição de deputado estadual a situação vai ser diferente pela quantidade de candidatos de peso, da cidade, na disputa.

“A campanha de deputado terá vários candidatos fortes. O Hugo Prado, a deputada Analice Fernandes, que tem uma grande quantidade de votos. A Drª Bete fala em sair candidata a deputada estadual também. Sem contar que vem outros candidatos de fora.  Se o Geraldo Cruz tiver um pouco de inteligência coloca a barba de molho, porque vai tomar mais uma derrota de lavada e perderá rumo. O rumo dele é a política. Já que ele fala da minha vida, vou falar um pouco da dele. O Geraldo quando perder o cargo perde a vida, já que a vida dele é a política. Ele não é uma pessoa que sabe caminhar em outra situação. Nunca vi o Geraldo estar caminhando em outro segmento a não ser a política. Ele vive da política, depende da política pra comer e depende da política pra sobreviver. Se ele perder um cargo perde a vida”, sentenciou.

Ney Santos esclareceu a relação que mantém com o prefeito Chico Brito. Negou que ele será seu chefe de gabinete e explicou os motivos para o seu antecessor frequentar a prefeitura. De acordo com ele, quando uma pessoa deixa de ser prefeito acaba tendo alguns problemas do passado, e em muitas situações precisa estar na prefeitura, quando chega um comunicado do Tribunal de Contas, ou alguma coisa parecida.

“Muitas vezes ele precisa prestar algum tipo de informação. O Chico Brito é um munícipe de Embu também. Ele mora e tem os negócios no Embu,  tem a imobiliária. Então ele frequenta a prefeitura como qualquer outro munícipe. Eu recebi o ex-prefeito Chico Brito uma vez lá no gabinete, as outras vezes que ele esteve lá foi falar com os secretários Jurídico e de Obras. Mas, ele é um munícipe e pode ir a prefeitura toda vez que precisar, como qualquer outro”, esclareceu, antes de negar por completo a informação sobre a chefia de gabinete.

 

21/04/2018

Governo diz que terá de adiar reajuste de servidor para fechar contas em 2019

Para tentar impedir a paralisação da máquina administrativa e dos investimentos públicos no ano...

21/04/2018

Vereador Marcos Paulo elogia atuação da GCM em Taboão da Serra

O vereador Marcos Paulo vem usando a tribuna da Câmara Municipal para elogiar o trabalho...

21/04/2018

Câmara Municipal aprova título de Cidadão Taboanense para o padre Weliton Angeli

Na sessão da última terça-feira, dia 17, os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por...

21/04/2018

Presidente Joice Silva e as vereadoras Priscila e Rita receberam prêmio

A presidente da Câmara de Taboão da Serra, Joice Silva e as vereadoras Priscila Sampaio e Rita...

20/04/2018

Prefeito Fernando firma parceria com MP para implantação da Patrulha Guardiã

O prefeito Fernando Fernandes assinou na quinta-feira (3), o Termo de Cooperação com o...

20/04/2018

Anderson Nóbrega é nomeado novo secretário de esportes em Embu das Artes

Na tarde da última quinta-feira (19), em Embu das Artes, o prefeito Ney Santos nomeou Anderson...

18/04/2018

Senado aprova projeto que obriga escolas a combaterem bullying

O Senado aprovou, nesta terça-feira (17), o projeto que obriga as escolas a desestimularem seus...

17/04/2018

Após revisão, governo anuncia cancelamento de 422 mil benefícios sociais

Após um trabalho de revisão de benefícios sociais concedidos pelo governo federal, 422 mil serão...

14/04/2018

Câmara Municipal entrega título de Cidadão Taboanense ao padre Kirano

No último domingo, dia 8, a Câmara Municipal de Taboão da Serra entregou o título de Cidadão...

12/04/2018

4º Encontro de Autismo reuniu quase mil pessoas no Cemur, em Taboão

Quase mil pessoas participaram do 4º Encontro de Autismo de Taboão de Serra, realizado no...

21/04/2018

Febre amarela continua se expandindo pelo país

Embora os casos confirmados de febre amarela tenham diminuído no Brasil nas últimas três...

21/04/2018

Candidatos desempregados aceitariam ganhar menos que no emprego anterior

Pesquisa divulgada pela Robert Half, empresa de recrutamento e seleção, mostra que 70% dos...

21/04/2018

Governo diz que terá de adiar reajuste de servidor para fechar contas em 2019

Para tentar impedir a paralisação da máquina administrativa e dos investimentos públicos no ano...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.