Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Ney Santos rebate críticas de Geraldo Cruz e diz que ele vai perder a eleição de deputado e o rumo

Por Sandra Pereira | 12/06/2017

nei

Arquivo do Jornal na NetPrefeito diz que se Geraldo Cruz for inteligente nem disputa eleição e o acusa de não saber nada na vida além de ser político

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) rebateu em entrevista ao Jornal na Net as críticas que recebeu do deputado estadual Geraldo Cruz (PT), durante entrevista coletiva em que falou sobre a absolvição pelo TSE no processo que respondia por abuso de meio de comunicação por conta de artigos publicados no jornal Folha de Embu. Ney Santos acusou Geraldo Cruz de não cumprir sua função como deputado estadual, já que a região, segundo ele, sofre com a ausência de ação do governo do estado, que se reflete na falta de segurança, dificuldade de leitos no Hospital Geral do Pirajuçara e problemas no transporte público.

Além disso, o prefeito acusa o opositor de não saber perder, de estar acostumado a fazer tudo que quer e mentir para a população sobre não querer disputar eleição. Ney Santos avalia que o deputado deveria deixar a vida pública antes de sofrer outra derrota esmagadora, que segundo ele o fará perder o rumo e a vida. Por fim, o prefeito de Embu confirmou a candidatura de Hugo Prado a deputado e falou da relação com o ex-prefeito Chico Brito.

“O que me chama mais atenção é que o deputado tinha que gastar as energias para representar a nossa população lá no Estado. O que a gente tem visto é o HGP cada vez mais caindo a qualidade. As empresas dos ônibus intermunicipais a mesma coisa. Na segurança pública da nossa cidade e da nossa região, que é responsabilidade do estado, não tenho visto melhoria nenhuma. Geraldo Cruz não tem que gastar as energias cuidando da minha vida, nem fazendo oposição a mim. Tem que gastar trabalhando pela população”, disparou o prefeito acrescentando que a cidade “não tem um deputado, nem para cobrar recursos, como por exemplo do DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos)”.

O prefeito avaliou que o deputado foi derrotado na eleição de 2016, quando disputou a prefeitura de Embu, com uma vantagem de voto muito maior. Ney Santos cobrou coerência  do deputado, que segundo ele tem que entender que o seu mandato começou faz 4 meses, enquanto o PT ficou 16 anos no governo, sendo 8 com Geraldo Cruz e o restante com Chico Brito.

“Ele não pode ficar tentando atrapalhar o nosso governo. Quando ele atrapalha o governo, atrapalha a população. Eu represento os 260 mil habitantes de Embu, não somente as pessoas que votaram em mim. Estou representando inclusive ele. As melhorias que nós estamos trazendo pra cidade ele também vai usufruir. O asfalto que estamos trazendo ele vai utilizar. No mais essas críticas não me atrapalham, ao contrário, me deixam com mais vontade de trabalhar. As críticas me fortalecem. Me dá mais vontade de fazer aquilo que eles não fizeram, pra gente chegar daqui a 04 anos e a população falar bem assim: escolhemos a pessoa certa”, conta.

Ney Santos disse não acreditar que Geraldo Cruz ficará de fora da disputa de deputado estadual em 2018. Para ele, o deputado mentiu quando demonstrou interesse de ficar de fora da disputa.

“É mais uma mentira que sai da boca dele. Todas às vezes é a mesma ladainha: não vou sair candidato e quando chega lá é candidato. Ele falava a mesma coisa em 2014. Agora,  se eu fosse ele, não sairia mesmo porque  vai sair para perder a eleição novamente. Isso é óbvio. Se você pegar a votação do Geraldo de uns anos pra cá ela só vem caindo, caindo, caindo. Para mim, o tiro de misericórdia dele foi a eleição para prefeito que ele dava  como ganha e perdeu feio. Já estava comemorando como como se fosse prefeito e passou vergonha e decepção na urna”, salientou.

O prefeito de Embu avalia que apesar da quantidade de candidatos a prefeito que a cidade teve em 2016 a disputa ficou polarizada entre ele e Geraldo Cruz. Já na eleição de deputado estadual a situação vai ser diferente pela quantidade de candidatos de peso, da cidade, na disputa.

“A campanha de deputado terá vários candidatos fortes. O Hugo Prado, a deputada Analice Fernandes, que tem uma grande quantidade de votos. A Drª Bete fala em sair candidata a deputada estadual também. Sem contar que vem outros candidatos de fora.  Se o Geraldo Cruz tiver um pouco de inteligência coloca a barba de molho, porque vai tomar mais uma derrota de lavada e perderá rumo. O rumo dele é a política. Já que ele fala da minha vida, vou falar um pouco da dele. O Geraldo quando perder o cargo perde a vida, já que a vida dele é a política. Ele não é uma pessoa que sabe caminhar em outra situação. Nunca vi o Geraldo estar caminhando em outro segmento a não ser a política. Ele vive da política, depende da política pra comer e depende da política pra sobreviver. Se ele perder um cargo perde a vida”, sentenciou.

Ney Santos esclareceu a relação que mantém com o prefeito Chico Brito. Negou que ele será seu chefe de gabinete e explicou os motivos para o seu antecessor frequentar a prefeitura. De acordo com ele, quando uma pessoa deixa de ser prefeito acaba tendo alguns problemas do passado, e em muitas situações precisa estar na prefeitura, quando chega um comunicado do Tribunal de Contas, ou alguma coisa parecida.

“Muitas vezes ele precisa prestar algum tipo de informação. O Chico Brito é um munícipe de Embu também. Ele mora e tem os negócios no Embu,  tem a imobiliária. Então ele frequenta a prefeitura como qualquer outro munícipe. Eu recebi o ex-prefeito Chico Brito uma vez lá no gabinete, as outras vezes que ele esteve lá foi falar com os secretários Jurídico e de Obras. Mas, ele é um munícipe e pode ir a prefeitura toda vez que precisar, como qualquer outro”, esclareceu, antes de negar por completo a informação sobre a chefia de gabinete.

 

12/12/2017

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles

A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda...

11/12/2017

Ney Santos reajusta bolsa da Frente de Trabalho de R$ 350 para R$ 1.000,00

A partir de janeiro de 2018 os integrantes da Frente de Trabalho de Embu das Artes vão receber...

11/12/2017

Embu veta a divulgação do Disque Denúncia contra violência ás mulheres

Maior e mais fragilizada parcela da população de Embu das Artes, as mulheres, ficaram no centro...

10/12/2017

Fernando Fernandes renova convênio com o Programa Cidade Legal

O prefeito de Taboão da Serra, Fernando Fernandes, esteve no gabinete da Secretaria de Habitação...

07/12/2017

Câmara aumenta para oito anos prisão para bêbado que dirige e mata

Após cinco anos de espera, enfim o projeto 5568/2013 foi aprovado pela Câmara dos Deputados. A...

06/12/2017

Deputada Analice recebe Sociedades Amigos de Bairro de Taboão da Serra

A presidente do CONSABs de Taboão da Serra, Márcia Pereira, reuniu os presidentes das Sociedades...

04/12/2017

Noventa visita Câmara de Taboão e elogia caminhada pela Paz e contra Violência

O presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de São Paulo, e ex-vereador de Taboão da...

01/12/2017

Câmara Municipal de Taboão entrega Medalha Zumbi dos Palmares

Aconteceu no último sábado, 25, a entrega da Medalha Zumbi dos Palmares. A honraria é uma...

01/12/2017

PSB realiza encontro Regional do partido neste sábado, 2 em Embu

Presidentes das Comissões Executivas Municipais do PSB, realizarão neste sábado, 2, o encontro...

30/11/2017

Câmara Municipal realiza audiências públicas para debater PPA e Orçamento

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Taboão da Serra realiza nesta...

12/12/2017

Enem para presos e segunda aplicação começam hoje

Cerca de 32 mil pessoas privadas de liberdade farão hoje (12) e amanhã (13) as provas do Exame...

12/12/2017

Prefeitura de Itapecerica da Serra abre vagas para frente de trabalho

A Prefeitura de Itapecerica da Serra abriu inscrições para a equipe da Frente de Trabalho 2018....

12/12/2017

Parentes de mortos em acidente da TAM fecham acordo de R$ 30 milhões com Airbus

Dez anos após o acidente que matou 199 pessoas, na queda do avião da TAM em São Paulo, parte dos...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.