Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Embu mantém alta do ICMS, dívida de R$70 milhões para 2017 e R$ 170 milhões a longo prazo; diz secretário

Por Sandra Pereira | 4/06/2017

jose

Sandra PereiraSecretário explicou evolução da receita do ICMS falou sobre a dívida da  cidade e esclareceu montante a ser pago em 2017 e a longo prazo

A cada mês Embu das Artes consolida sua posição como município que mais arrecada ICMS na região. Taboão da Serra, que era a 1ª no ranking até poucos anos, caiu para 2ª colocação, enquanto Itapecerica se mantém distante na 3ª posição, que antes disputava com Embu. De acordo com o secretário de Finanças de Embu, José Roberto, em 2017 a cidade das artes tem previsão de receita de R$ 524 milhões e dívida de R$ 70 milhões. A cidade acumula outros R$ 170 milhões em dívidas com parcelamento de INSS, Embuprev e financiamentos. Esses R$ 170 milhões devem ser pagos ao longo dos próximos 20 anos.

“Nós temos dívidas a curto prazo de R$ 70 milhões com obras e fornecedores e outras dívidas em torno de R$ 170 milhões para serem pagos ao longo dos próximos anos. A folha de pagamentos dos servidores está em dia, mas estamos em débito com alguns fornecedores”, explicou José Roberto.

O secretário José Roberto recebeu o Jornal na Net na última semana e falou com exclusividade sobre a arrecadação e as dívidas do município. Segundo ele, atualmente, Embu recebe 0,5% do bolo de ICMS que o estado de São Paulo encaminha para as cidades. Taboão recebe pouco mais de 0,4% e Itapecerica fica com apenas 0,2% do total repassado.

“Em 2001, nosso índice de arrecadação do ICMS era em torno de 0,2%. Na administração do prefeito Chico Brito, com a chegada do Rodoanel, que trouxe um grande incentivo para as empresas de logística, conseguimos garantir a vinda de grandes empresas para a cidade como Adidas, BR Foods, Porche, Droga Raia, entre outras. Tudo isso melhorou o nosso índice de participação do ICMS. Superamos Itapecerica, Embu e agora a nossa meta é superar Cotia”, afirmou o secretário, antes de acrescentar que é a arrecadação do ICMS que está mantendo os investimentos na cidade em pé.

Apesar de liderar a arrecadação do ICMS, Embu das Artes fica atrás de Taboão da Serra quando se trata das demais receitas que compõe as principais fontes de arrecadação entre as quais se destacam o IPVA, IPTU, ISS e o ITBI.
Historicamente o IPTU é a segunda ou a terceira maior receita das cidades. Taboão arrecadou em 2015 R$ 48.698, enquanto no Embu o valor recolhido com IPTU foi R$ 29.596. Já de ISS Taboão recebeu em 2015 R$ 62.577 e Embu ficou com apenas R$ 24.410.

O secretário José Roberto é um dos mais experientes profissionais da secretaria de Finanças. Durante 4 anos ele foi secretário de Finanças do ex-prefeito Geraldo Puccini.Permaneceu no comando da pasta durante os 8 anos da administração de Geraldo Cruz, no governo do ex-prefeito Chico Brito e se manteve no cargo na gestão de Ney Santos.

 

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

16/10/2017

Homem quase decepa a cabeça da mulher com facão em Juquitiba

Maria de Fátima Pinto de Moraes de apenas 28 anos, foi brutalmente assassinada após ter cabeça...

16/10/2017

Músicos do Futuro farão novo concerto na Câmara de Taboão nesta quarta, 18

A Orquestra Associação Músicos do Futuro (OAMF) fará novo concerto na Câmara Municipal de Taboão...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.