Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Avó de menino que morreu ao cair do 19º andar é acusada por abandono de incapaz

Por Luciana Santos | 26/05/2017

incapaz

DivulgaçãoDiante dos fatos e do que foi apurado a polícia indiciou a avó do menino D. Jaci, por abandono de incapaz.

O cidade de Taboão está em choque com a tragédia que vitimou uma criança de 4 anos que morreu após cair do 19º andar da torre 3 do Condomínio Brisas do Sol, na noite da última quinta-feira (25). Segundo informações o apartamento não possuía tela de proteção, apenas uma porta de vidro na varanda. O menino estava sozinho em casa quando a tragédia aconteceu. A avó do menino identificada apenas como D. Jaci foi indiciada por abandono de incapaz.


Segundo relatos de vizinhos as crianças eram criadas pelos avôs, já que os pais tinham perdido a tutela do menino de 4 anos e uma menina de 9 anos. Os pais das crianças estavam presos por tráfico de drogas, havia quinze dias apenas que tinham saído em condicional e iam conhecer o menino no sábado.


Ainda segundo informações de vizinhos o menino estava sozinho no apartamento, a avó teria ido ao salão fazer as unhas e deixado o menino dormindo. Os Bombeiros foram acionados pelos moradores após a queda da criança, eles passaram vários minutos tentando reanimar o menino sem sucesso.


Após o acidente a polícia foi acionada e ao chegaram ao apartamento a irmã do menino esperar na porta pela avó, que cerca de uma hora após o acidente ainda não havia chegado.


Relatos dão conta que os primeiros a chegarem ao local foram dois tios e um avô do menino que ficaram desesperados ao saber do que tinha acontecido. A avó viu o tumulto, mas não imaginou que a vítima era o netinho que ela havia deixado dormindo. Ao saber que tinha sido seu neto a mulher se desesperou e dizia o tempo todo que queria trocar de lugar com o neto. O avô da criança estava tão transtornado que falava em cometer suicídio.


A Polícia Civil esteve no local na manhã desta sexta-feira (26), e levou a avó para prestar esclarecimentos. Diante dos fatos e do que foi apurado a polícia indiciou a avó do menino D. Jaci, por abandono de incapaz.


Peritos estiveram no local e realizaram os primeiros levantamentos. As imagens das câmeras de seguranças já foram solicitadas pela polícia.


Em três anos esse já é o terceiro caso que envolve queda de crianças de apartamento. O primeiro caso foi registrado em janeiro de 2014, quando um menino de 6 anos caiu do 11º andar. O segundo caso foi em setembro de 2015 quando outro menino de 5 anos caiu do 26º andar no Jardim Maria Rosa.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.