Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Embu lidera ranking da violência nos casos de homicídios, lesão corporal e estupros

Por Sandra Pereira | 17/05/2017

violencia

Sandra PereiraEmbu registrou 8 homicídios dolosos nos primeiros três meses do ano e 18 casos de estupro

Os dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo demonstram que a violência literalmente explodiu nas cidades da região nos primeiros meses desse ano e que Embu das Artes é a cidade com maior ocorrência de casos de homicídios, lesão corporal, estupros e estupros de vulnerável. 

Embu desponta como a mais violenta totalizando 8 homicídios dolosos no primeiro trimestre do ano. Logo depois vem Taboão com 6 homicídios dolosos no mesmo período, enquanto Itapecerica registrou três homicídios dolosos.

Um dado alarmante para as mulheres de Embu se refere aos números de estupros ocorridos na cidade. Foram 4 casos de estupro de vulnerável no mês de janeiro, cinco estupros em fevereiro, sendo três de vulneráveis e 9 casos no mês de março, dos quais cinco são de pessoas vulneráveis. O total de estupros no trimestre foi de 18 casos, sendo 12 de vulneráveis. Taboão registrou nos primeiros três meses do ano 9 casos de estupro, metade dos casos registrados no Embu e Itapecerica totalizou 5 casos.

Embu também lidera a estatística de tentativa de homicídio totalizando 12 casos. Enquanto Taboão teve 3 casos e Itapecerica 2.

A cidade das Artes também é campeã absoluta no quadro de lesão corporal dolosa, totalizando 193 ocorrências. Taboão registrou 65 casos e Itapecerica 117.

O único dado de violência que Embu não aparece na frente é o roubo. Taboão registrou 618 casos de roubo nos primeiros três meses do ano e despontou na liderança do item roubo no ranking da violência. Embu ficou em segundo lugar com 457 casos enquanto Itapecerica soma 256.

Tabela da violência no primeiro trimestre de 2017 na região

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.