Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Secretaria de Finanças de Embu é cobrada para realizar fiscalização tributária no pátio após denúncias de sonegação

Por Sandra Pereira | 11/05/2017

oficio

DivulgaçãoOfício cobra fiscalização após denúncia de sonegação contra pátio de veículos de Embu das Artes

Após a reportagem do Jornal na Net publicar as denuncias feitas pelo vereador Bobilel Castilho contra ao pátio de veículos de Embu, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Indústria, Comércio e Serviços Embu das Artes encaminhou um ofício para a Secretaria de Finanças cobrando que seja feita fiscalização tributária no pátio. Na sessão desta quarta-feira, 10, Bobilel repetiu as denúncias e voltou a pedir ao presidente da Câmara, Hugo Prado, que atenda os anseios do povo e convoque o dono do pátio pra prestar esclarecimentos. O vereador apresentou levantamento mostrando que as tarifas do pátio cobradas no Embu são as mais caras de toda a região.

“Quero pedir ajuda de todos os vereadores para entrar nessa luta. Nós não podemos prevaricar. Muitos falaram na rua que eu não sabia o que estava fazendo, mas do que me adianta ser vereador se eu não fiscalizar. Não aceito ameaça e nem vou me acovardar. Não vou me acovardar. Espero que Casa me ajude e o presidente convoque o dono do pátio”, desabafou Bobilel Castilho.


De acordo com a denúncia apresentada pelo vereador Bobilel Castilho a administração do pátio não emite nota fiscal de serviços, cobra o serviço mais caro do estado, e além de tudo funciona de maneira irregular, sem nem ao menos pagar aluguel, já que a propriedade do terreno estaria, de acordo com o vereador, sendo discutida numa ação judicial.


O documento foi enviado à secretaria de Finanças de Embu nesta quarta-feira, 10, e foi protocolado como recebido na mesma data. O ofício cita a reportagem publicada no Jornal Na Net, onde o vereador denuncia a atuação irregular do pátio de veículos.


Durante a sessão na Câmara de Embu Bobilel Castilho citou a repercussão gerada pelo tema. “Na sessão passada fiz várias denúncias contra o pátio Master. Nem sei se podemos chamar de empresa, sendo que o nome é estacionamento. Quero mandar um recado ao proprietário do mesmo: o senhor não é autoridade do nosso município. É um prestador de serviço e recebi várias denúncias de maus tratos aos munícipes. Por isso peço ao senhor presidente que convoque o dono do pátio. Pra mim não se pode chamar isso de empresa”, alfinetou Bobilel.


“O Jornal na Net fez a sua parte mostrando sua denúncia e fiquei feliz com a ação do secretário Alcionei que mandou fiscalizar o pátio. Ele está fazendo a parte dele mesmo doente. Peço a fiscalização que fiscalize aquele pátio cheio de irregularidades”, finalizou.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.