Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Ministério Público do Trabalho pede rejeição parcial ao projeto da reforma trabalhista

Por Assessoria de Imprensa | 10/05/2017

ampt900

Divulgação MPT é contra a proposta, aprovada na Câmara e em tramitação no Senado, prevê a modificação de 97 artigos da CLT

O procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, divulgou nota técnica nº 7 nesta terça-feira (9) defendendo a rejeição parcial do PLC 38/2017, que trata da reforma trabalhista, e mais debate sobre o tema. De acordo com a nota, o PLC nº 30/2017, oriundo da Câmara dos Deputados, não foi objeto de um amplo debate social com todos os setores interessados.

O PL 6.787/2016, enviado pelo governo à Câmara alterava sete artigos da CLT e oito artigos da Lei n. 6.019/73. Durante dois meses, foram realizadas audiências públicas e reuniões para debater essa proposta. Contudo, o relatório apresentado, em 12 de abril, pelo deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), modifica 97 artigos da CLT, três artigos da Lei n. 6.019/74, um artigo da Lei n. 8.036/90, um artigo da Lei n. 8.213/91 e um artigo da MP n. 2.226/01. Entre a divulgação do relatório e a aprovação do PL na Câmara (o que ocorreu com modificações pontuais), houve, de acordo com levantamento feito pelo site Nexo, só 26 horas de debate parlamentar.

"Naturalmente, a legitimidade de uma reforma de tal amplitude está vinculada a um amplo debate prévio com a sociedade e, especialmente, com as categorias atingidas, o que não se verificou na Câmara dos Deputados, tendo em vista que a proposta tramitou com invulgar celeridade, não permitindo que a população sequer compreendesse todas as repercussões que serão geradas nas relações de trabalho", informa a nota.

A nota alerta também que o projeto tem o propósito de liberar a terceirização de forma ilimitada, inclusive nas atividades finalísticas da empresa, que é inconstitucional. “Com isso, desvirtua-se a figura da terceirização, que passa a ser utilizada como mera locação de mão de obra, acarretando precarização do emprego, bem como redução e sonegação de direitos trabalhistas e fiscais”.

O MPT destaca ainda que a proposta introduz dois novos artigos na CLT, e permite que ocorra a prevalência do negociado sobre o legislado para o rebaixamento dos patamares legais em relação a toda e qualquer matéria. “De fato, há de se concluir que a exclusiva razão de ser da proposta é garantir que se possa reduzir direitos dos trabalhadores através de acordos e convenções. Se a intenção com o PLC 30/2017 fosse beneficiar os trabalhadores com novos direitos e melhores condições de trabalho, a proposta seria completamente desnecessária, eis que já prevista na Constituição Federal.

A nota chama atenção para as dificuldades que os trabalhadores terão para o acesso à Justiça Trabalho em caminho oposto ao que a prevê a Constituição Federal. Se for aprovada como está dificulta a obtenção da justiça gratuita. De acordo com texto, esse benefício será concedido só para os que recebem salários inferiores a 40% do texto da Previdência. Para os demais, será exigido atestado de insuficiência de recurso.

21/09/2017

Comissão de Finanças da Câmara recebe prestação de contas da prefeitura

A Comissão Permanente de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Taboão da Serra, presidida...

21/09/2017

PSB inaugura nova sede em Itapecerica da Serra nesta sábado, 23

O PSB (Partido Socialista Brasileiro) irá realizar neste sábado (23), a solenidade de...

20/09/2017

Câmara de Itapecerica aprova projeto onde parte da arrecadação vai para GCM

Um Projeto de Lei criado pelos Vereadores Márcio Roberto e Vereador Zecas de Itapecerica da...

18/09/2017

Itapecerica da Serra realizará Audiência Pública do PDUI no dia 7 de outubro

Os municípios de Itapecerica da Serra, Cotia, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Juquitiba, São...

17/09/2017

Câmara Municipal debate Educação durante audiência pública com secretário

Na manhã desta quinta-feira, dia 14, a Câmara Municipal realizou uma audiência pública para...

16/09/2017

Dr. André da Sorriso comemora conquista da nova loja do Cartão BOM no Poupatempo

Desde o dia 09 de setembro, após grande mobilização do vereador Dr. André da Sorriso e da...

15/09/2017

Vereador André Maestri incentiva empresas de Embu das Artes contratarem jovens

Aprovada na 28ª sessão ordinária que aconteceu no último dia 6 de Setembro, o Projeto de Lei...

15/09/2017

PTB de Taboão reforça empoderamento feminino em evento com Marlene Campos

O empoderamento feminino, a ampliação da participação das mulheres na política e nos mais...

14/09/2017

Vereadores de Taboão debatem segurança pública com a deputada Analice, PM

Segurança pública foi o tema central de uma reunião realizada nesta quarta-feira, 23, pela...

12/09/2017

Analice Fernandes e EMTU entregam posto do cartão Bom em Taboão

21/09/2017

Rapaz confunde carro e é morto por agente penitenciário em Itapecerica da Serra

Um agente penitenciário pensou que seria vítima de um assalto, atirou em homem que estava...

21/09/2017

Corpo de Bombeiros conteve princípio de incêndio na cozinha da Sercom, em Taboão

Um foco de incêndio cuja causa ainda não foi identificada, na cozinha do refeitório da empresa...

21/09/2017

Embu Summer Fest acontece em dezembro e venda de ingressos começa dia 20

Entre os dias 14 e 17 de dezembro, a A Luz Eventos realiza em Embu das Artes/SP o Embu Summer...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.