Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Fechamento de Farmácia Popular prejudica pacientes de baixa renda, afirma especialista

Por Assessoria de Imprensa | 10/05/2017

afarma700

Divulgação - Google Imagens A partir deste mês, o Ministério da Saúde fecha as 393 unidades da rede própria do programa que distribui remédios gratuitamente. Especialista do escritório Nakano Advogados Associados comenta as poss&iac

A partir deste mês, os pacientes de baixa renda ou que dependem de medicamentos importantes que até então eram distribuídos gratuitamente enfrentarão mais uma dificuldade. É que neste mês de maio serão fechadas as 393 unidades da rede própria do programa Farmácia Popular, de distribuição de medicamentos gratuitos ou com até 90% de desconto. Agora, os produtos serão distribuídos unicamente pela rede de farmácias conveniadas. E essa medida do Ministério da Saúde prejudica os pacientes.

É o que afirma a advogada especializada em Direito à Saúde, Claudia Nakano, do escritório Nakano Advogados Associados. “O fechamento das centenas de unidades Farmácia Popular vai afetar principalmente os pacientes que procuram por medicamentos específicos e que não são encontrados facilmente nas farmácias conveniadas”, ela pontua.

A quantidade de remédios ofertados pode diminuir em cerca de 72%. Na rede própria, são ofertados, hoje, 112 medicamentos – sendo os mais procurados os remédios para hipertensão, diabetes e asma. Já nas drogarias com desconto são disponibilizados apenas 32 medicamentos. Caso o remédio que o paciente necessita não esteja disponível nas conveniadas, o paciente precisará se informar para saber onde consegui-lo.

“Todo o processo ficará mais dispendioso para a população carente que faz uso desse serviço. Além de ser responsável por procurar uma unidade básica de saúde para descobrir onde encontrar o remédio, corre-se o risco de acabar tendo que pagar o valor cheio em uma farmácia particular comum”, avalia.

A especialista alerta também para a dificuldade que isso poderá trazer aos moradores mais carentes que vivem longe dos grandes centros, nas cidades do interior. “Quem mora nas capitais pode encontrar alternativas, mais recursos, já que os governos estaduais e municipais têm alguns outros programas de fornecimento de remédios. Porém, em muitas cidades do interior, a Farmácia Popular é a única opção para quem toma medicamentos onerosos e de uso contínuo”, conclui.

Segundo o Governo Federal, a desativação da rede própria irá economizar aproximadamente R$ 80 milhões para os cofres públicos. A intenção é repassar o montante para a compra de medicamentos.

25/04/2018

Autarquia de Saúde de Itapecerica fecha parceria com laboratórios

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, cerca de 3% da população mundial (mais de 150...

24/04/2018

Redução de peso pode evitar 15 mil casos de câncer por ano no Brasil

Estima-se que pelo menos 15 mil casos de câncer por ano no Brasil, ou 3,8% do total, poderiam...

23/04/2018

SAMU promove curso de primeiros socorros na Escola do Legislativo de Taboão

A Escola do Legislativo de Taboão da Serra recebeu no dia 19, no plenário da Câmara, a equipe do...

23/04/2018

Vacinação contra a gripe começa nesta segunda em todo o Brasil

Começa nesta segunda-feira (23) em todo o Brasil, a campanha de vacinação contra a influenza. A...

23/04/2018

Governo de SP quer vacinar 10,7 milhões de pessoas contra a gripe

O governador Márcio França participou, nesta segunda-feira (23), da abertura da campanha...

21/04/2018

Febre amarela continua se expandindo pelo país

Embora os casos confirmados de febre amarela tenham diminuído no Brasil nas últimas três...

20/04/2018

Embu das Artes recebe mais um prêmio na área da saúde

Referência no tratamento da tuberculose e com um dos maiores índices de cura do Estado de São...

14/04/2018

Cajec recebeu autoridades em evento beneficente para arrecadar fundos

A Casa de Apoio à Criança com Câncer José Eduardo Cavichio, (Cajec)  realizou um bingo...

26/04/2018

Bailarina de Taboão da Serra se prepara para grande festival na Espanha

Moradora do jardim Salete, em Taboão da Serra, a jovem Rosana Silva, de 18 anos, está a um passo...

26/04/2018

Força Tática fez 70 flagrantes desde que voltou para Taboão e Embu

Desde que voltou a atuar em Taboão da Serra e Embu das Artes, no dia 2 de dezembro, a Força...

26/04/2018

GCM reforça Operação Cidade Organizada em Itapecerica da Serra

Ação “Cidade Organizada’ realizou no último dia 20, uma operação procurando restringir a...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.