Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Correios entram em greve por tempo indeterminado

Por Outro autor | 27/04/2017

sedex900

Divulgação - Google Imagens

Os trabalhadores dos Correios entrarão em greve por tempo indeterminado hoje (26) a partir das 22h. As ameaças de privatização e demissões, o fechamento de agências e o “desmonte fiscal” da empresa, com diminuição do lucro devido a repasses ao governo e patrocínios, são os principais motivos para a mobilização, segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect).

A estatal teve prejuízos de R$ 2,1 bilhões em 2015 e R$ 2 bilhões no ano passado. Em dezembro do ano passado, foi anunciado um plano de demissão voluntária e o fechamento de agências para reduzir os gastos.

“O que tem acontecido é um plano de desmonte próprio da empresa, atacando a própria qualidade e universalização do serviço. Faz parte de um projeto privado com interesse de entrar no mercado”, disse a secretária de Imprensa da Fentect, Suzy Cristiny.

Segundo a entidade, a “privatização” coloca em risco o direito da população aos serviços dos Correios, já que a empresa tem fechado agências em cidades menos lucrativas. “Mais de 200 agências estão sendo fechadas por todo o Brasil. Com isso, muitos moradores do interior e das periferias vão ficar sem o atendimento bancário e postal dos Correios do Brasil”, informou a federação.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, tem dito que é contra privatizar os os Correios, mas que a empresa terá que fazer “cortes radicais” de gastos para evitar a privatização, já que o governo não socorrerá a empresa financeiramente.

Críticas dos grevistas

Além do fortalecimento de franqueados e o fechamento de agências próprias, o que, na opinião da federação, “esvazia os negócios da empresa para a iniciativa privada”, a Fentect critica os repasses da empresa ao governo federal acima do valor estabelecido. “Nos últimos anos, os Correios repassaram para o governo federal R$ 6 bilhões e, desse montante, R$ 3,9 bilhões foram acima do valor estabelecido legalmente, prejudicando as reservas financeiras e investimentos necessários para a modernização da empresa”, informou.

A entidade cita ainda o distrato de R$ 2,3 bilhões do Banco Postal com o Banco do Brasil e a destinação de R$ 300 milhões em patrocínios nas Olimpíadas e pede uma auditoria na contabilidade da empresa.

Os sindicatos de todo o país se reúnem hoje (26) para referendar a manifestação sobre a greve. As entidades e a empresa já promoveram mesas de negociação, mas, segundo a secretária, não houve avanços. Ela disse ainda que os trabalhadores dos Correios se unirão às manifestações marcadas para a próxima sexta-feira (28) contra as reformas trabalhista e da Previdência.

Além da mobilização pelo fortalecimento institucional dos Correios e universalização dos serviços, os trabalhadores reivindicam melhorias nas condições de trabalho, a contratação de novos funcionários, mais segurança nas agências, o retorno da entrega diária e o fim da suspensão de férias.

Outro lado

Em nota, a empresa informou que, caso o movimento grevista seja deflagrado, os Correios adotarão as medidas necessárias para garantir a continuidade de todos os serviços. “Uma paralisação dos empregados neste momento delicado pelo qual passa a empresa é um ato de irresponsabilidade, uma vez que a direção está e sempre esteve aberta ao diálogo com as representações dos trabalhadores”, informou. Os Correios não se manifestaram sobre as reivindicações dos trabalhadores. 

 

Com informações do site Isto é

22/02/2018

Moradores do Saint Moritz reclamam do aumento do IPTU

Os moradores do Jardim Saint Moritz, em Taboão da Serra, reclamam do aumento do IPTU 2018 no...

19/02/2018

Renato Oliveira é indiciado por atentado contra Binho e exonerado da prefeitura

A Polícia Civil indiciou na sexta-feira, 16, o subsecretário de Gestão Tecnológica e Comunicação...

18/02/2018

Agências bancárias da região fecham nesta segunda em adesão a greve nacional

Os bancos em Taboão da Serra, Embu e Itapecerica não irão abrir nesta segunda-feira (19) como...

17/02/2018

Embu das Artes celebra 59 anos de emancipação neste domingo

A cidade de Embu das Artes comemora no próximo domingo (18), 59 anos de emancipação...

15/02/2018

Itapecerica tem mais de 1.080 crianças realizando trabalho infantil, diz IBGE

Estudos recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontaram que no...

07/02/2018

Moradores do Jardim São Marcos reclamam da frequente queda de energia

Moradores do Jardim São Marcos em Embu das Artes, estão reclamando das constantes quedas de...

09/01/2018

Moradores do Parque Adélia voltam a ficar ilhados após chuva em Itapecerica

Moradores do Parque Santa Adélia já não aguentam mais ficarem ilhados toda vez que chove....

08/01/2018

Corpo de Bombeiros orienta como prevenir acidentes domésticos nas férias

O tão esperado período de férias chegou. Junto, uma notícia preocupante, especialmente para os...

13/12/2017

Taboão da Serra celebra Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

O Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD), ligado à Secretaria de Assistência Social...

11/12/2017

Idosa de 76 anos desapareceu neste domingo em Taboão da Serra

Dona Ana Maria Barbosa, 76 anos,desapareceu quando estava indo para casa onde mora com a irmã e...

24/02/2018

Entregador de merenda e esposa foram presos em Taboão acusados de traficar

Funcionário da Prefeitura de Taboão da Serra e esposa são presos nesta sexta-feira (23) por...

23/02/2018

Cadastro biométrico em Embu, Itapecerica e Taboão se encerra em maio

Adotada pela

23/02/2018

Criação de ministério de segurança pública "não é sangria desatada", diz Marun

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, demonstrou não haver urgência do governo na a...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.