Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Dersa descumpre contrato e atrasa novamente recuperação do asfalto de ruas em Embu

Por Sandra Pereira | 27/10/2010

asfalto_embu_350.JPG

Ruas de Embu estão em péssimo estado após obras do Rodoanel

O tráfego intenso de caminhões durante a construção do Trecho Sul do Rodoanel Mário Covas deixou marcas em várias ruas da região central de Embu das Artes. Desde a inauguração do Rodoanel os moradores da cidade esperam que o Desenvolvimento Rodoviário S.A (Dersa) execute as obras de recuperação da pavimentação da rua Marcelino Pinto Teixeira e das avenidas Hélio Ossamu Daikuara, Jorge Alfredo Camasmie e de parte da Rotary. A recuperação do asfalto dessas vias estava prevista no contrato de execução da obra do Rodoanel, como parte das obras mitigadoras.

Apesar do contrato do Rodoanel garantir a recuperação da pavimentação dessas vias a diretoria da Dersa já alterou cinco vezes o calendário de execução das obras. Nas quatro vezes anteriores não houve aviso e nem justificativa.  Por essa razão, e, em função das cobranças constantes dos moradores, o prefeito Chico Brito disse que não aceitará novo atraso nas obras, cuja nova previsão de início é no mês de janeiro de 2011.

“Se eu não puder confiar na Dersa vamos tomar outras atitudes e levar o povo de Embu para a porta da Dersa. Tivemos uma reunião essa semana e nós pedimos prioridade na recuperação da Avenida Jorge Casmamie. Vamos esperar até o dia 25 deste mês para ver como está o andamento da licitação separada para pavimentação da avenida Jorge Casmamie ”, contou.

O prefeito observa que a rua Marcelino Pinto Teixeira foi usada como ponto de apoio pelo Rodoanel, mas, quando a obra acabou a rua virou depósito de entulho. “Eles foram embora e deixaram uns 100 caminhões de entulho lá”,criticou.
 
 
Para o prefeito, não é justo que o povo de Embu pague pela recuperação do asfalto dessas ruas. “Seria irresponsabilidade da minha parte, sabendo que a Dersa tem a obrigação de realizar a obra, utilizar o recurso da prefeitura, ou seja, gastar 25% da arrecadação do IPTU nessas pavimentações que são responsabilidade do governo do Estado. Estou pressionando o governo para cumprir o seu papel”, afirmou categórico o prefeito Chico Brito em entrevista à Folha de Embu.

O prefeito defende que o Rodoanel é uma obra positiva e diz que a cidade já está colhendo os seus frutos. Ele garante que a administração estruturou o município para recebê-la, mas critica a postura do governo do Estado. “Criamos secretárias, investimos em infraestrutura. Fizemos a nossa parte. Mas, não podemos ficar com o impacto negativo e nem pagar por ele”, declarou.

O prefeito relatou à Folha de Embu que na quarta-feira, dia 13, a Dersa apresentou um novo calendário segundo o qual a licitação para a realização das obras de recuperação do asfalto das ruas será feita nos meses de outubro, novembro e dezembro, e o início da recuperação do pavimento será em janeiro de 2011.
 
Chico Brito diz que reclamações dos moradores é justa
 
Enquanto a Dersa não cumpre o contrato que a obriga a realizar as obras na cidade o prefeito Chico Brito amarga as constantes reclamações  dos moradores. Ele revelou que está preocupado e insatisfeito com a demora na execução das obras, e explicou que não pode investir recursos da prefeitura para resolver o problema. O prefeito diz que as queixas da população são justas e confirmou que mobilizará os moradores para ir à Dersa, caso seja necessário.

Chico Brito afirmou que reconhece os transtornos causados pelo problema, e, por essa razão, está pressionando o governo constantemente para que cumpra o que está definido no contrato da obra do Rodoanel.

O prefeito fez questão de registrar a sua indignação contra o que chamou de omissão da Dersa com a cidade e a sua população. “Quero registrar minha indignação com a Dersa pela omissão neste caso”, enfatizou.

“Apesar da obra não ser responsabilidade da prefeitura nós somos cobrados pelos moradores. Estamos pedindo a compreensão de todos para entender que a solução desse problema cabe ao governo estadual. Não estou tornando essa discussão político-partidária, mas é preciso que o Estado cumpra o que diz o contrato”, afirmou o prefeito. “Estou tomando todo o cuidado para dar não dar um tom político a essa cobrança. Mas essa é a quinta vez que o prazo para o início das obras é descumprido”, acrescenta.

Segundo o prefeito outras seis cidades também estão enfrentando os mesmos problemas: Itapecerica da Serra, São Paulo, Santo André, Poá, Suzano, São Bernardo e Santo André. Ele disse que vai propor aos municípios uma mudança de estratégia na forma de negociação com o governo.

“Quero propor que todos os prefeitos se unam para fazer às reivindicações de forma coletiva. Tem dado resultado quando os prefeitos agem em conjunto, de forma articulada. Vamos chamar juntos numa mesa de negociação os prefeitos e o governo do Estado para tratar dos problemas e discutir as soluções”, antecipou.
 
 
 
Moradores admitem que obra do Rodoanel causou danos; mas cobram solução da prefeitura
 
 
Os moradores e motoristas que trafegam pela rua Marcelino Pinto Teixeira e as avenidas Hélio Ossamu Daikuara, Jorge Alfredo Camasmie e Rotary também reclamam da demora na recuperação do asfalto das vias. Os que foram entrevistados pela reportagem da Folha de Embu taxaram a demora de absurda. A maioria admite que os danos na pavimentação foram causados pela obra do Rodoanel. Mas, na hora de cobrar a solução apontam a prefeitura da cidade como sendo a responsável.

“Foi um absurdo o que o Rodoanel fez aqui. Quando eles foram embora só aumentou a quantidade de caminhão despejando entulho na rua”, disparou seu Amadeu Soares, 46 anos, morador do Parque Pirajuçara.

Seu Amadeu passa quase diariamente na rua Marcelino Pinto Teixeira e sabe que foi durante a obra do Rodoanel que a rua começou a ser utilizada para despejar entulho. Entretanto, na hora de cobrar a solução ele culpou a prefeitura da cidade.

Ao ser informado sobre a existência de um contrato no qual a Dersa se compromete a corrigir os danos causados pela obra ele avaliou como positiva a atitude do prefeito Chico Brito de cobrar da Dersa a solução do problema.

A professora Elaine Santana, 35 anos, também passa nas ruas atingidas constantemente.  Ela também atribuiu os problemas na pavimentação à obra do Rodoanel e assim como seu Amadeu também disse esperar que a solução viesse da prefeitura da cidade. Outras quatro pessoas entrevistadas pela Folha de Embu também tiveram o mesmo comportamento.

Texto e Foto: Sandra para a Folha de Embu

17/11/2017

Animais ameaçados por extinção são avistados em Embu das Artes

Um grupo de cerca de 50 pessoas da região de Embu das Artes, município da Grande São Paulo, se...

17/11/2017

Riscos de desastres naturais em SP serão alertados via SMS

A Defesa Civil de São Paulo acaba de adotar uma ação inovadora: a partir do dia 16 de novembro...

06/11/2017

Coleta Seletiva é intensificada em Itapecerica da Serra

Dar uma destinação ao lixo produzido no dia a dia é um dos grandes desafios dos municípios na...

02/11/2017

Mais de 30 pássaros exóticos são achados em porta-malas na Régis em Itapecerica

Mais de 30 pássaros exóticos foram encontrados durante uma fiscalização da Polícia Rodoviária...

26/10/2017

Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano de Taboão abre processo eleitoral

Na última sexta-feira, 20 de outubro, a Prefeitura de Taboão da Serra abriu o processo eleitoral...

23/10/2017

Poluição do ar acidifica oceanos e ameaça vida marinha, diz estudo

Toda a vida marinha será afetada por causa das emissões de gás carbônico, que vêm elevando a...

19/10/2017

1ª Caminhada na APA Embu Verde acontece neste sábado

No próximo sábado (21), Embu das Artes terá a Mata Atlântica como protagonista do primeiro...

09/10/2017

Chuva alaga BR em Taboão, provoca enchente no Record e inunda região da ABA

A tempestade que caiu no final da manhã deste domingo, 8, em Taboão da Serra provocou enchente e...

05/10/2017

Moradores se revoltam com corte de árvores em Embu das Artes

Moradores do centro de Embu das Artes foram surpreendidos nesta semana por uma medida radical da...

17/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

17/11/2017

Representado pelo paulista André Akkari, Poker segue crescendo no Brasil

Um dos esportes mentais mais populares do planeta, o poker cresceu muito de popularidade nas...

17/11/2017

Licenciamento: novembro é o mês de veículos com final 9

Os proprietários de veículos com placa final 9 já podem fazer o licenciamento. Já os donos de...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.