Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores criticaram asilo clandestino descoberto em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 12/04/2017

foto1

Thiago Walter - FotógrafoVereadores mostraram pesar e indignação com situação de abandono e abusos contra os idosos que permaneciam no local

O asilo clandestino e a situação dos idosos foi muito debatido na sessão desta terça-feira, 11, na Câmara Municipal de Taboão da Serra. Os vereadores se mostraram indignados com a situação de abandono e maus-tratos dos idosos que eram mantidos no local. 

O vereador professor Moreira foi o primeiro a pedir rigor na punição dos responsáveis pelos crimes praticados contra os idosos no local.

A presidente da Câmara Municipal, Joice Silva, salientou todo trabalho realizado pelas equipes da Assistência Social do município visando assegurar que a situação dos idosos fosse ao menos amenizada.

“Acompanhei junto com a secretaria de Assistência Social e GCM toda a ação no asilo. Só tenho a dizer que toda essa situação é lamentável. Os idosos viviam numa situação lamentável. Não havia nem documentação. Agora a assistência social está fazendo a busca ativa das famílias. Foi um trabalho árduo e sofrido. O asilo foi fechado imediatamente, mas a lacração aconteceu na manhã desta terça”, resumiu Joice Silva.

Ela disse que muitas vezes as famílias deixam os idosos em locais onde não fizeram levantamento de informações, documentação e nem infraestrutura. “Muitas vezes acabam acreditando na proposta, mas não se certificam de que seja verdadeira”, afirmou.

Os demais vereadores se revezaram em falas lamentando o abandono deles por suas famílias ou seus responsáveis.
Ainda na sessão os vereadores elogiaram o 3º encontro de Autismo em Taboão da Serra, a implantação da lei Tempo de Despertar, contra a violência doméstica, em São Paulo, a corrida do Trabalhador, em 1º de maio, a encenação da Paixão de Cristo, no próximo dia 14 e temas da pauta política, como a sucessão municipal em 2020.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.