Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Câmara Municipal realiza audiência pública para discutir o serviço da Sabesp

Por Assessoria de Imprensa da Câmara de Taboão | 12/03/2017

cido900

Divulgação / Eduardo Toledo Vereador Cido cogitou até mesmo abrir uma CPI para investigar os serviços da empresa na cidade

A Comissão Permanente de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal de Taboão da Serra realiza na próxima quarta-feira, dia 15, uma audiência pública para debater os serviços que são prestados pela Sabesp no município. A iniciativa do vereador Cido, presidente da Comissão, teve apoio de todos os parlamentares.

Segundo Cido, o número de queixas contra os serviços prestados pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) vem aumentando nos últimos meses. “O mais grave sem dúvida é a falta de água em diversos bairros da nossa cidade, mas temos reclamações de moradores que vão de buracos fechados de maneira incorreta e vazamentos de esgotos, até a falta de saneamento básico”, disse.

O vereador disse que irá convidar a Sabesp para participar da audiência pública para responder as reclamações dos moradores. “Nesse primeiro momento é um convite, mas se eles não comparecerem vamos convocar e podemos até mesmo abrir uma CPI para apurar o que a empresa vem fazendo aqui na nossa cidade”.

A comissão irá também abordar a questão do tratamento do esgoto na cidade. Para a vereadora Priscila Sampaio, membro da Comissão, a Sabesp deve muitas explicações para a Câmara Municipal. “A empresa é uma prestadora de serviço, cobra caro pela água e pelo esgoto, deve atender com respeito e com qualidade seus clientes e nós vamos cobrar melhorias no serviço da Sabesp, sim”.

A Comissão de Defesa do Consumidor é composta pelos vereadores Cido (presidente), Rita de Cássia (vice) e Priscila Sampaio.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.