Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Variedades

Clientes do Assai de Taboão criticam demora nas filas do caixa e higiene no local

Por Sandra Pereira | 14/02/2017

assai

Sandra PereiraDemora para pagar compras nas filas dos caixas irritou consumidores do Assai da BR em Taboão

Os clientes que foram fazer compras no Assai Atacadista localizado na Rodovia Régis Bittencourt, em Taboão da Serra, neste final de semana enfrentaram longas filas para pagar seus produtos. Em alguns casos a demora para o atendimento durou quase duas horas. Para agravar o quadro ainda mais alguns caixas estavam fechados no momento de maior lotação de consumidores dentro do atacadista. No sábado, 11, nas filas de caixa preferencial havia mais de 80 pessoas entre idosos, gestantes pessoas com crianças de colo, entre outros. Informada sobre as críticas dos clientes, a assessoria de imprensa do Assai ficou de enviar posicionamento à reportagem do Jornal na Net, mas até o fechamento dessa matéria não o fez. O espaço permanece aberto para o posicionamento da rede.

“É um absurdo a gente perder tanto tempo para pagar as compras. Uma falta de respeito com os clientes. Só querem ganhar dinheiro e nem gente para trabalhar querem contratar”, disparou depois de aguardar mais de uma hora na fila, dona Dijaci Ferreira dos Santos, 62 anos, moradora do jardim Salete. 

Assim como ela, muitas pessoas na fila de espera reclamaram e muito da demora. Mas as críticas também se estenderam ao calor dentro da loja e passaram até pelas condições de higiene no local. Tinha cliente sugerindo que a Vigilância sanitária inspecionasse o Assai, em especial o setor de produtos congelados. 

“Sem contar que além das filas e da falta de funcionário eu estava fazendo compras no começo do mês, no setor de massa de tomate, quando atravessou um rato na minha frente”, declarou a cliente Janete Costa que mora no jardim Mirna. 

Para os clientes a demora do atendimento das filas dos caixas também ocasiona outros problemas nos corredores próximos.  

“Com as filas muito grandes a gente não consegue ir a todos os setores porque o carrinho não passa direito. Dai tem que largar o carrinho e ficar pegando as coisas nos braços para trazer até ele”, criticou Alfredo Santana. 

Todos os clientes ouvidos eram unanimes em afirmar que o Assai deveria se esforçar mais para deixar os consumidores satisfeitos, já que não se trata de um serviço gratuito.

“Ainda que fosse um serviço gratuito o atendimento não deveria ser tão demorado desse jeito. Esperar quase 2 horas para pagar uma compra é algo inaceitável”, sintetizou Pedro Oliveira, morador do jardim Intercap. 

Atualização de informação com posicionamento do Assai às 19h18. O Outro lado:

O Assaí realiza estudos de fluxo de clientes para direcionar a escala dos operadores de caixa a partir da demanda. Se há um volume maior de compras para o horário e eventual ocorrência de filas, a orientação é para abertura de mais caixas e, assim, agilizar o atendimento.

A rede reforça ainda que mantém rigoroso controle de pragas para garantir os padrões de higiene e limpeza exigidos pela companhia, de acordo com as determinações dos órgãos reguladores. A loja fica à disposição dos seus clientes para receber e esclarecer qualquer dúvida ou ponto sobre atendimento pelos canais oficiais de atendimento: telefone 0800 773 2322 ou o site www.assai.com.br/faleconosco 


20/10/2017

Nota Fiscal Paulista: Fazenda libera R$ 687,7 milhões em créditos

A Secretaria da Fazenda liberou R$ 687,7 milhões em créditos da Nota Fiscal Paulista para os...

20/10/2017

Câmara aprova voto de repúdio por criança interagir com homem nu em performance

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na semana passada, dia 3, na Câmara Municipal, um...

19/10/2017

Emprega São Paulo/Mais Emprego tem 4.831 vagas abertas no Estado

O portal Emprega São Paulo/Mais Emprego oferece 4.831 oportunidades nesta semana no...

19/10/2017

Novos talentos de Embu das Artes e região cantam com grandes artistas no Embu Su

18/10/2017

MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo

O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao...

17/10/2017

Seminário sobre desenvolvimento sustentável visa construir propostas no Conisud

Idealizado pelo mandato do deputado estadual Geraldo Cruz, da vereadora Rosângela Santos e com...

17/10/2017

Comunidade Filosofia de Quintal comemora 3 anos no próximo dia 22

Em comemoração ao seu 3 anos, a Comunidade Filosofia de Quintal irá comemorar no próximo dia...

13/10/2017

Joice Silva participou da missa do aniversário de padroeira de Taboão

A presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, vereadora Joice Silva, participou da missa...

11/10/2017

Daiso Japan inaugura primeira loja em Taboão da Serra no próximo dia 14

No próximo dia 14 de outubro, a Daiso Japan, maior rede de variedades japonesas no Brasil,...

11/10/2017

GCM Neves vai representar Itapecerica em Congresso Nacional de Guardas no Paraná

GCM Neves ROMU, de Itapecerica da Serra foi convocado para participar na mesa de palestrantes do...

20/10/2017

Brasil é vice-campeão em mundial de profissões técnicas com 7 medalhas de ouro

Quando o assunto é desempenho de profissões técnicas, é o Brasil quem ganha de diversos países...

20/10/2017

Locais de prova do Enem poderão ser consultados a partir de hoje

A partir das 10h de hoje (20), os candidatos que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio...

20/10/2017

Nota Fiscal Paulista: Fazenda libera R$ 687,7 milhões em créditos

A Secretaria da Fazenda liberou R$ 687,7 milhões em créditos da Nota Fiscal Paulista para os...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.