Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Ney Santos garante ser inocente de acusações e promete melhor governo que Embu já viu

Por Sandra Pereira | 10/02/2017

ney900

Sandra PereiraNey se diz inocente das acusações e promete melhor governo para Embu

Prometendo fazer o “melhor governo que Embu já viu” o prefeito de Embu das Artes, Ney Santos, recebeu a imprensa em seu gabinete nesta sexta-feira, 10, durante entrevista coletiva onde falou sobre a dívida de quase 240 milhões, reafirmou a saúde como prioridade de sua administração, garantiu que vai reduzir para 300 o número de livre nomeados na prefeitura, fez balanço da sua situação jurídica e revelou que fará auditoria de contratos e pagamentos. Sobre o aumento da passagem o prefeito declarou que está se inteirando da situação. Ele revelou aos jornalistas que se não tivesse conseguido habeas corpus teria se entregue nesta sexta-feira, 10, para tomar posse no cargo, “mesmo sendo inocente e tendo que ser preso”, para não perder o prazo de tomar posse no cargo.

“O aumento  aconteceu por causa de um projeto da gestão passada. Nós vamos rever esse estudo feito. Se tiver dentro da lei não vejo porque revogar o aumento que com certeza o prefeito interino assinou”, disse.

Atualmente a prefeitura de Embu vive situação atípica, sem poder contratar livre nomeados por conta de um TAC assinado com o Ministério Público. O termo manda a prefeitura demitir todos os livre nomeados e depois disso redefinir a quantidade de cargos por meio de projeto de lei encaminhado à Câmara. “Vamos contratar o mínimo possível. Não vai passar de 300 cargos. Antes tinha 600 a 800 nós teremos somente 300”, declarou.

Ney Santos avaliou que o seu pedido de prisão é fruto de perseguição política. Garantiu não ter elo com facção criminosa e nem tráfico drogas e observou que aqueles que o conhecem sabem da sua índole. 

“Sou inocente. Quem me conhece sabe disso. Nunca tive dúvida que a Justiça ia ser feita. Eu não tenho envolvimento com tráfico em facção. Em 2010 fizeram a mesma coisa e eles tiveram 7 anos para provar alguma coisa e não o fizeram... Tudo que o Ministério Público induziu a imprensa a falar não consta na denúncia. Esse processo foi reaberto por causa de uma denúncia anônima feita em Itapecerica. Falar é fácil eu quero ver provar. Por isso estou seguro da manutenção da liminar”, observou.

O prefeito falou com pesar do fato da sua família ter sido relacionada na denuncia. Alegou que ainda que os fatos fossem verdadeiros sua esposa e irmã nada teriam haver com isso. Ele ainda lamentou o fato da mulher do seu contador ter sofrido um AVC pouco tempo depois do marido ter sido preso durante a primeira fase da operação Xibalba.

“Quem não deve não teme. Sempre falei que essas acusações eram mentira. Com trabalho e responsabilidade vamos mostrar para quem eu devo satisfação, que é a população, que tudo isso não passava de falácia. Só tenho a dizer que quem tentou nos tirar ficou 16 anos no poder e não queria que a gente assumisse com medo de ser descoberto o que foi deixado para trás”, declarou, afirmando que não fará perseguição aos funcionários e nem caça às bruxas.

O prefeito relatou que por ter nascido e ter sido criado no Embu a população o absolveu. “A população já me absolveu três vezes. Eles me conhecem desde pequeno. Sabem que não sou traficante e nem tenho ligação com facção criminosa. Quero até aproveitar a imprensa aqui para agradecer o carinho e as orações recebidas”, contou.

Sem dar detalhes o prefeito Ney Santos disse que vai preparar um presente surpresa para os moradores do município a fim de marcar os 58 anos de emancipação política administrativa.

O prefeito acusou Chico Brito de má fé por não ter organizado o envio do IPTU como normalmente ocorria. Citou que o Tribunal de Contas fez apontamentos quanto aos pagamentos feito pela prefeitura à empresa que administra as unidades. O prefeito falou que irá rescindir o contrato com a OS da saúde.

Repetindo a fala dos dois interinos que o antecederam no cargo, Hugo Prado e o vice Dr. Piter salientou que os seus secretários municipais serão avaliados de acordo com os objetivos propostos para cada pasta. “Não fiz acordo político para dar secretaria a nenhum partido. Nossos secretários vão ter que mostrar trabalho e eficiência. Todos vão ser avaliados e quem não atingir as metas vai deixar o cargo. Tem secretários da gente que foram do PT e ficaram porque são competentes”, falou.

Sobre o fato de ser fiscalizado tanto pela imprensa quanto pelas instituições o prefeito disse não se intimidar. Falou que vai trabalhar para que no final do mandato as pessoas da cidade digam: “valeu à pena”. “Tudo que prometi a população nós vamos trabalhar muito para cumprir e honrar com a população”, prometeu.

Na reta final da coletiva o prefeito demonstrou alívio pelo fato do seu processo ficar agora sob a competência do Tribunal de Justiça já que o “juiz de Embu está contaminado”. Ney Santos disse que o juiz do município não poderia julgá-lo já que a esposa dele advoga para o seu principal adversário, o ex-prefeito e deputado Geraldo Cruz, a quem ele derrotou na eleição de outubro.

“Juiz tem que entender que por trás de uma decisão dessas tem gente, tem sonhos, tem família. Tudo isso que fizeram com a gente vai acabar em nada e nós vamos mostrar isso no processo”, observou.

 O prefeito contou que sua festa de posse vai ser neste domingo, 12, na sede da  prefeitura. "Vai ser o meu dia 1º já que na posse do 1º eu não pude ir", brincou fazendo referência ao fato de estar foragido.

21/09/2018

TRE determina retirada de fake news contra deputada Analice Fernandes

O Tribunal Regional Eleitoral determinou ao Facebook a remoção de fake news - notícia falsa...

20/09/2018

Candidata a vice-governadora de SP pelo PT veio a Taboão com proposta de Governo

Ana Bock, candidata a vice-governadora pelo PT na chapa de Luiz Marinho (PT), esteve em Taboão...

20/09/2018

Em razão do processo eleitoral, horário de verão terá 14 dias a menos este ano

O horário de verão começará mais tarde esse nao. A decisão foi tomada pelo Tribunal Superior...

20/09/2018

Vereador Marcos Paulo reforça cobrança por mais policiamento da PM em Taboão

O vereador Marcos Paulo (PPS), fazendo menção à reportagem feita pelo Jornal Na Net, também...

17/09/2018

Ney Santos vê normalidade na convocação para recepção de Márcio França no Embu

O prefeito afastado de Embu das Artes, Ney Santos, PRB, considerou fato normal a convocação de...

16/09/2018

Joice Silva diz que 6.8 no IDEB prova qualidade da educação em Taboão

A educação municipal de Taboão da Serra conquistou a maior nota da região no Índice de...

16/09/2018

Desfile de 7 de Setembro é um marco para a educação de Taboão da Serra

O Desfile Cívico de 7 de Setembro reuniu mais de 47 escolas da rede municipal de ensino. Com a...

16/09/2018

Alckmin visita Campo Limpo acompanhado de FF e Analice e apela por voto útil

O candidato à Presidência da República pelo PSDB e ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin,...

14/09/2018

FF e vereadores preparam medidas para recuperar salários de agentes públicos

Fernando Fernandes, o vice-prefeito Laércio, a presidente da Câmara, Joice Silva e os vereadores...

12/09/2018

PSDB cobra explicação dos 4 vereadores de Taboão sobre retirada do apoio a Doria

O presidente estadual do PSDB, Pedro Tobias, e o secretário-geral do partido, César Gontijo,...

24/09/2018

Concurso Miss e Mister Beleza Negra 2018 de Taboão está com inscrições abertas

A Coordenadoria Especial de Promoção da Igualdade Racial de Taboão da Serra (CEPIR) junto com a...

24/09/2018

CATS perde nos pênaltis no futsal e fica com vice-campeonato na Copa do Brasil

As meninas do Cats por pouco não levaram o título de campeãs da Copa do Brasil de Futsal...

24/09/2018

Sucesso entre taboanenses, Matematicando tem 4º edição no Pq. das Hortências

Sob um clima descontraído e agradável, o conhecido Parque das Hortências, em Taboão da Serra, se...

ingle

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.