Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Joice Silva é eleita presidente da Câmara de Taboão em votação histórica e muito tensa

Por Sandra Pereira | 2/01/2017

dentro900

Sandra Pereira

A vereadora Joice Silva (PTB) foi eleita presidente da Câmara de Taboão da Serra, por 7 votos contra 6, na mais acirrada eleição da mesa diretora da Câmara Municipal da cidade nos 56 anos de história do município. A votação foi a mais tensa da história do Legislativo. Vários vereadores foram xingados ao declarar voto. Gritos de ameaças se repetiam entre o público.Vaias e aplausos ecoavam a cada novo voto. Houve princípios de tumulto e a sessão precisou ser parada várias vezes. A presidente eleita, Joice Silva, não deixou que a confusão tirasse o brilho de sua vitória e comemorou o fato de entrar na história como a primeira mulher a governar o Legislativo de Taboão. Ela prometeu uma presidência de grupo e fez questão de salientar a lealdade entre os integrantes do grupo dos 7.

Um dos momentos mais tensos e marcantes da eleição foi quando o vereador Carlinhos do Leme anunciou o voto em si para presidente, disse que perderia e atribuiu a derrota ao prefeito Fernando Fernandes. Ele foi saudado de forma respeitosa por todos os vereadores do grupo dos 7. “Eu não era candidato. Foi o prefeito que me lançou. Essa derrota é do prefeito”, falou. 

A fala de Carlinhos foi repetida por Eduardo Nóbrega, que chegou a incluir a deputada Analice Fernandes na fatura da derrota e Érica Franquini.  “Somos 5 vereadores do PSDB e quando ganhamos a eleição fomos conversar com o chefe do PSDB. Ele disse que o presidente ia ser o Carlinhos. Então a derrota não é nossa”, declarou Érica Franquini.

“Nós perdemos e doeu. Pegou no coração. Doeu. O Carlinhos nunca se colocou como candidato. Quem lançou o Carlinhos do Leme foi o Fernando Fernandes. Com dois dias pós eleição o prefeito pediu para eu votar no Carlinhos. Quem levou a notícia de que o Carlinhos ia ser presidente fui eu. Onde está o Fernando Fernandes ?... Tem que ficar claro que nós perdemos. A noite de hoje é longa tem que se avaliar que se perdeu”, bradou Nóbrega.

Os três vereadores  mais experientes do PSDB prometem cobrar a responsabilidade do chefe do Executivo. Os três disseram e reafirmaram que Carlinhos foi lançado candidato pelo prefeito numa reunião com a bancada do PSDB. Os três cobraram a ausência do prefeito da eleição e deixaram a entender que o mandatário deve explicações.

A nova mesa diretora da Câmara eleita para o biênio 2017-2018 é formada pela presidente Joice Silva e tem como vice-presidente André Egydio . A primeira secretaria da Casa ficou com o vereador José Aparecido Alves  e a segunda secretaria com o vereador Marcos Paulo. 

Na reta final da eleição da mesa o Cemur foi esvaziado por apoiadores do chamado grupo dos 6, em protesto contra os 7 vereadores que se uniram para vencer a disputa. O grupo dos 6 é formado por Eduardo Nóbrega (PSDB), Carlinhos do Leme (PSDB), Érica Franquini (PSDB), Rita da Saúde (PSDB), Priscila Sampaio (PRB), Alex Bodinho (PPS). O grupo dos 7 tem a participação de Joice Silva (PTB), Jonhathan Noventa (PTB), Marcos Paulo, o Paulinho (PPS), Cido da Yafarma (DEM), Ronaldo Onishi (SD) e Professor Moreira (PSD).

A eleição começou com a escolha da 2º Secretaria. Um a um os vereadores integrantes dos dois grupos eram chamados para declarar o voto e um a um mantinham o  voto fechado para cada um dos cargos da mesa defendidos por seu lado.

A eleição acabou com os sete integrantes celebrando efusivamente a vitória. Os ex-vereadores Arlete Silva, Walter Paulo e Valdevan Noventa subiram ao palco para celebrar ao lado dos filhos. Os três tiveram participação essencial na vitória do grupo dos 7 e prometem se manter juntos para obter novas vitórias. Eles querem manter e ampliar o grupo político formado pelos seus herdeiros políticos. 

À imprensa a presidente Joice Silva disse que chegar a presidência era sonho dela, de André Egydio e Marcos Paulo dentro do grupo dos 7. Ela disse que os dois cederam espaço para que ela assumisse o cargo. Afirmou que o prefeito defendeu a candidatura de Carlinhos do Leme até o fim, mas citou que o grupo estava unido desde o início e que havia entre eles compromisso do presidente ser eleito entre os 7.  

“O candidato do prefeito e da deputada era o Carlinhos do Leme, só que o meu grupo entendeu que não poderia ser assim. Nós somos todos base. Todos tínhamos o sonho de ser presidente e seguimos unidos. O jogo da presidência é assim: um time ganha e outro perde. Nas outras presidências teve composição. Agora não teve. Mas vamos seguir em frente. Somos todos governo. A governabilidade não está comprometida. Meu sentimento hoje é de gratidão a seis grandes homens que me elegeram presidente”, finalizou pouco antes de garantir que vai ser firme na condução dos trabalhos da Casa. 

12/01/2017

TSE autoriza diplomação de Ney Santos e Dr. Piter na prefeitura de Embu

05/01/2017

Artigo do secretário José Renato Nalini: Se todos quiserem

03/01/2017

Hugo Prado anuncia secretários, reduz funcionários e cancela carnaval de Embu

02/01/2017

Emoção e eleição histórica da presidência da Câmara marcam posse em Taboão

02/01/2017

Joice Silva é eleita presidente da Câmara de Taboão em votação histórica e tensa

02/01/2017

Hugo Prado assume prefeitura de Embu no lugar de Ney que está foragido

01/01/2017

Clima de festa e gratidão marca posse do prefeito e vereadores de Itapecerica

Um clima festivo e de gratidão marcou a posse do prefeito de Itapecerica da Serra, Jorge...

30/12/2016

Posse de vereadores e prefeito em Taboão acontece neste domingo no Cemur

22/12/2016

Emenda da deputada Analice Fernandes garante ambulância para Taboão

20/12/2016

Tribunal de Justiça nega habeas corpus e Ney Santos continua foragido

16/01/2017

Oportunidade de emprego em Embu das Artes; Confira as vagas

15/01/2017

Proprietário de área invadida no Embu tenta acordo com famílias para desocupar

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.