Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

ANTT autoriza aumento e pedágio na Régis Bittencourt passará a custar R$ 3,00 a partir do dia 29

Por Sandra Pereira | 20/12/2016

divulgacao

Divulgação O novo valor da tarifa, de acordo com a concessionária Autopista  Régis Bittencourt, contempla a inflação do período

O valor do pedágio na rodovia Régis Bittencourt vai ser reajustado de R$ 2,50 para R$ 3,00 a partir do dia 29  de dezembro. O aumento na tarifa básica do pedágio foi autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O valor da tarifa para motocicletas também sofreu aumento e vai custar  R$ 1,50. Já os caminhões com reboque, dependendo do número de eixos, poderão pagar até R$ 18. 

O novo valor da tarifa, de acordo com a concessionária Autopista  Régis Bittencourt, contempla a inflação do período, revisão extraordinária para compensação da não cobrança dos eixos suspensos, conforme determinado pela chamada Lei dos Caminhoneiros, e a terceira parcela referente a ampliação da Serra do Cafezal. 

Desde que assumiu a concessão da Régis Bittencourt e implantou a cobrança de pedágio a Autopista investiu em várias melhorias na rodovia como implantação de sinalização, ampliação de pistas, implantação de passarelas de pedestres, dispositivos de retornos em várias cidades e campanhas de prevenção a acidentes de trânsito. 

Todas as melhorias feitas na rodovia ajudaram a afastar dela o vergonhoso título de rodovia da morte. Quem conhecia a Régis Bittencourt antes da mudança sabe a  importância das mudanças e o quanto elas contribuíram para melhorar a segurança e reduzir o número de mortes. 

A Régis Bittencourt tem ao todo 6 pedágios. O primeiro fica no Km 299, em São Lourenço da Serra, o segundo fica no Km 370, em Miracatu. O seguinte está localizado no Km 427, em Juquiá. O seguinte fica no 485, na cidade de Cajati. O penúltimo pedágio está no Km 542, na Barra do Turvo e o último no Km 57, no município de Campina Grande do Sul.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.