Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Tribunal de Justiça nega habeas corpus e Ney Santos continua foragido

Por Sandra Pereira | 20/12/2016

NEYSANTOS_CMEMBU_DIVULGAcaO

Divulgação - FacebookNey Santos não foi diplomado; caso ele não consiga reverter decisões contrárias não poderá asuumir a prefeitura de Embu

O Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo negou nesta segunda-feira, 19, pedido de habeas corpus do prefeito eleito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) alvo da 1ª fase da operação Xibalba – que quer dizer governo no submundo – deflagrada no dia 9 por uma força-tarefa do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado). Por causa das acusações Ney Santos e seu vice Dr. Piter (PMDB) tiveram a diplomação suspensa. O prefeito eleito de Embu  teve prisão preventiva decretada pela Justiça sob a acusação de associação a facção criminosa, lavagem de dinheiro e tráfico de drogas. A defesa de Ney Santos vai recorrer da decisão novamente.  

No Tribunal de Justiça o desembargador Hermann Herschander manteve o pedido de prisão e alegou não haver irregularidade no mesmo. Ele rechaçou o argumento central da defesa feita por Alberto Toron, alegando que Ney e outros seis foragidos sofrem constrangimento ilegal  e que a prisão seria ilegal e injustificada. 

Para o relator a decisão da Justiça de Embu  foi fundamentada e que há indícios de que o acusado “capitaneia sofisticada organização criminosa, que lavou e continua lavando expressivas somas em dinheiro proveniente do tráfico de entorpecentes”, decretou o relator do pedido de habeas corpus. 

Em outro trecho da sentença que negou habeas corpus o desembargador cita a quantidade de empresas abertas em nome dos acusados que foram denunciados junto com Ney e assim como ele se encontram foragidos.  

Hermann Herschander também faz referência em sua decisão ao fato de Ney Santos manter em sua casa volumosa quantia em dinheiro. O prefeito eleito tinha declarado à Justiça Eleitoral que guardava em casa mais de R$ 1,5 milhões em espécie, conforme consta sua declaração de bens entregue no ato do pedido de registro de candidatura. 

 “O impressionante número de estabelecimentos comerciais criados; a guarda de vultosas quantias em espécie; o alto valor dos bens apreendidos; tudo refere, de forma eloquente, a alta gravidade concreta dos fatos; esta, de si, traduz a periculosidade de seus autores e partícipes. Some-se a tudo isso a circunstância de, embora estar sendo investigada há anos, a organização ainda manter em funcionamento até o presente, em postos de gasolina ativos, a máquina de lavar por ela estabelecida...se concluirá que a prisão preventiva, ao menos à primeira vista, efetivamente se faz necessária para garantia da ordem pública”. “Portanto, não se vislumbra desde logo ilegalidade, que justifique concessão da pretendida liminar. Isto posto, indefiro a liminar”, cita o desembargador. 

A negativa do habeas corpus caiu como um duro golpe no grupo político do prefeito eleito, que já contava com a vitória de Alberto Toron no caso, visto que vários deles postaram em suas páginas no Facebook que o prefeito eleito vai ser diplomado no dia 1º de janeiro. Se até lá os advogados não conseguirem reverter as decisões contrárias a Ney Santos a prefeitura deverá ser comandada inicialmente pelo presidente da Câmara. 

Se os planos do grupo político não mudarem, o estreante na vida pública, Hugo Prado, vai comandar o Legislativo e Executivo de Embu das Artes com a benção de Ney Santos. 

22/02/2018

Jorge Costa cumpre com o dissídio dos servidores de Itapecerica da Serra

O prefeito Jorge Costa convocou nesta quarta-feira (21), uma reunião no Ginásio Municipal de...

21/02/2018

Sessão solene festiva marcou comemoração dos 59 anos de Taboão

O aniversário de 59 anos de emancipação Político-Administrativa de Taboão da Serra foi celebrado...

20/02/2018

Câmara de Taboão realiza sessão Solene hoje pelos 59 anos da cidade

Na próxima terça-feira, dia 20, às 19h, a Câmara Municipal de Taboão da Serra realiza no Cemur a...

07/02/2018

Vereador Onishi comemora lei do auxílio aluguel para mulheres vítimas de violênc

O prefeito Fernando Fernandes sancionou o projeto de lei que determina a concessão de auxílio...

07/02/2018

Vereadores de Taboão aprovam nomes que vão receber medalha 19 de Fevereiro

Na volta do recesso parlamentar, nesta terça-feira, 6, os vereadores de Taboão da Serra...

06/02/2018

Temer vê dificuldade em aprovar reforma da Previdência depois de fevereiro

O presidente Michel Temer disse que o governo não pode ficar discutindo a reforma da Previdência...

06/02/2018

TCE aprova contas de Cido e Nóbrega na presidência da Câmara de Taboão

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou nesta terça-feira, 6, as contas dos ex-presidentes...

03/02/2018

PT de Embu expulsa vereador Doda; ele alega sofrer perseguição política

O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Embu das Artes decidiu em votação unânime,...

02/02/2018

Temer diz que seu governo aguenta déficit, mas outros não

O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira (2) que insiste na reforma da Previdência...

21/01/2018

Mesmo em recesso, Câmara Municipal de Taboão da Serra continua com atendimento

Durante o mês de janeiro a Câmara Municipal de Taboão da Serra permanece em recesso parlamentar....

22/02/2018

Inspeção recupera mais de R$ 4 bi de recursos do FGTS em 2017

A fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) recuperou, em 2017, R$ 4,2 bilhões em...

22/02/2018

País registra 164 mortes por febre amarela desde julho

Entre 1º julho de 2017 e 20 de fevereiro deste ano, foram confirmados 545 casos de febre amarela...

22/02/2018

Jorge Costa cumpre com o dissídio dos servidores de Itapecerica da Serra

O prefeito Jorge Costa convocou nesta quarta-feira (21), uma reunião no Ginásio Municipal de...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.