Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Moradores do Horizonte Azul denunciam invasão e venda de apartamentos no residencial em Itapecerica

Por Sandra Pereira | 18/11/2016

habitacional

Arquivo do Jornal na NetMoradores dizem que vários apartamentos foram invadidos e relatam vendas de outras unidades

O conjunto Habitacional Horizonte Azul, inaugurado recentemente pela prefeitura de  Itapecerica da Serra, depois de passar quase 5 anos com obras paradas, era a grande esperança de concretizar o sonho de ter uma casa própria para centenas de moradores de Itapecerica. Mas, nas últimas semanas o sonho está virando pesadelo, segundo os moradores que reclamam de invasões nos apartamentos ainda não entregues e denunciam até mesmo a venda de unidades no local.

A obra foi financiada com recursos do governo federal para amenizar o problema da moradia popular na cidade. Inicialmente os beneficiados seriam os moradores das áreas de risco cadastrados pela prefeitura. Entretanto, de acordo com os moradores, na metade do mês de outubro houve uma invasão no local.

"O que aconteceu no Horizonte Azul foi absurdo. Vários apartamentos foram invadidos e a gente ficou sabendo que a Justiça já determinou a desocupação. Mas a prefeitura não faz nada. A entrega das chaves foi desorganizada e por isso ocorreu a invasão", criticou um morador que por medo pediu pra não ser identificado.

Outra moradora do local, que também teme ser identificada relata que os apartamentos estão sendo vendidos indiscriminadamente. De acordo com ela um morador do local vive se gabando que comprou um apartamento de um amigo que trabalha na prefeitura.

"Os erros ocorridos aqui dentro pela prefeitura de Itapecerica da Serra são muitos.
 Eles mandaram um funcionário entregar as chaves de poucos apartamentos. Ele veio com alguns amigos e fizeram isso no meio da rua. Mais o que me chamou atenção e que essas pessoas que estavam junto um deles conseguiu. Mais tem um pessoal amigo do secretário que vende apartamento com chave e documento. Se vende para esse rapaz porque não vende para os ocupantes também?", relatou.

A moradora disse ainda que a prefeitura está misturando os que compraram apartamento, os que invadiram e os que assinaram aquela permuta.

Ana

Bom.... Tem muitos que realmente não tinham para onde ir e nem transporte tem e são pessoas que lutam para conseguir uma moradia não querem nada de graça se a prefeitura já tinham dado os eapartamentos porque não entraram antese. ... Eu preciso de moradia. E na primeira oculpacao estávai lá agora está que teve novamente não fui pois a anterior era mais organizado e não eramos sem cultura não é eu vi farias pessoas que moram lá dentro que tem carros bom... ok lutaram trabalharmos mase nós também estávamos lutando pra ter uma moradia e dar o melhor para o nossos filhos e tem mais pagamos tanto imposto pra nada... Quem realmente precisa não tem... Bom agora acredito que é pior a ocupação passei na frente e vi muita bagunça sujeiras e pessoas fazendo coisas erradas e a feira que teve o moradores oficial faziam compra lá. ... Se não gostava porque comprava... ???

severina almeida

acho que investivagação seria o minimo e quem não precisa e pega indevidamente as residencias tem que ser preso,tiram a oportunidade de quem realmente precisa ter uma casa...as pessoas são egoistas quanto mais tem mais quer e quem se mata para pagar essa merdade de minha casa minha vida se lasca....dá raiva pq tem pessoas que invadem terreno e depois controi casas,a prefeitura legaliza e ai quando vê essas pessoas já tinham casa em outro canto pra que essa ganancia toda?

João

Nossa realmente o que esta acontecendo nesse conjunto habitacional é muito vergonhoso, uma falta de respeito tão grande com as famílias que estão a quase 9 anos esperando pelas suas casas. Sou morador desse conjunto e vejo as barbáries que acontecem todos os dias, a prefeitura nos jogou la dentro e nos abandonou entre um monte de invasores que não respeitam a ninguém e ficamos sem saber a quem recorrer se a ela ou a construtora FALEIROS que também não nos da informações alguma dos fatos. Pra piorar agora tem até feira la dentro do conjunto habitacional para não citar as outras coisas piores que não me atrevo a falar aqui.

Gil

Bem vcs tbm tinham que relatar que os " Tal moradores de area de risco , ganharam três selos em uma unica familia" ou seja uma casa trocada por três ", e fora que eles aparecem com seus carroes nada populares, a ultima moradora de area de risco estava com uma blazer....essas moradias é para amenizar o problema da moradia popular na cidade. Não agradar moradores que não são municipes de itapecerica da serra, acredito que muitas familias do horizonte precisam, mais muitos dos ocupantes tbm, pois não tem para onde ir, e ja são cadastrados a anos no programa, por que quem tem menos de um ano foi conteplado sendo que a casa em que moravam estavam bem melhores que dos ocupantes escritos a anos, o certo é a prefeitura e o ministerio publico investigar e analisar quem realmete precisa

19/01/2017

Moradores de Taboão já se preparam contra as fortes chuvas de janeiro

As chuvas que caíram desde o início da semana em toda a região, tem preocupado a população. Os...

19/01/2017

Temporal causa queda de árvore e interdita via em Itapecerica

19/01/2017

Há vagas de emprego em Embu das Artes e região; Confira

13/01/2017

Operação Crepúsculo é implantada em Embu para coibir roubos

12/01/2017

Rotary Club de Itapecerica adere a campanha "Doe Sangue, Doe Vida"

11/01/2017

Alistamento para o Serviço Militar poderá ser feito on-line em Embu das Artes

11/01/2017

Taboão da Serra fica de fora e não recebe novas ambulâncias do Samu

10/01/2017

Suspeito de matar motorista do Uber morador de Taboão é preso

10/01/2017

Alunos da região podem solicitar o BOM escolar e passe livre a partir de segunda

20/01/2017

Assaltantes invadiram prefeitura de Embu e trocaram tiros com PM e GCM

20/01/2017

Exército ajuda na luta contra o mosquito Aedes aegypti em Taboão

20/01/2017

Em Taboão, planejamento garante qualidade a cursos de capacitação

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.