Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Conhecendo um pouco mais sobre a utilização das ventosas

Por Outro autor | 5/10/2016

bruno900

DivulgaçãoSaiba mais sobre a ventosaterapia

As ventosas tiveram um maior reconhecimento nas olimpíadas do Rio de janeiro quando o nadador norte americano Michael Phelps apareceu com marcas em forma de círculos pelo corpo.

A ventosaterapia é técnica utilizada há milênios pelos chineses e pertence à medicina tradicional chinesa e tem como embasamento sua teoria energética com uma base cientifica que consiste na aplicação de pressão negativa dentro do copo através de uma pequena tocha de fogo. Este método era utilizado em tempos arcaicos que provoca uma pequena sucção da pele e demais tecidos. Hoje em dia, a ventosaterapia já possui mecanismos mais modernos e seguros para sua utilização que pode contar com pequenas bombas manuais para aplicar o vácuo que por sua vez causa uma pressão negativa no copo de ventosa.

O emprego da ventosa segundo a medicina tradicional chinesa em seus princípios energéticos tem como ação, aquecer e promover o livre fluxo de Chi (energia) e também de sangue nos canais energéticos sendo, empregados na estagnação de chi, fato que ocasiona o aparecimento de dores com manifestações teciduais e dores que geralmente pioram com pressão digital, quando aperta o local. Já os seus princípios fisiológicos ocorrem devido à pressão negativa que promove uma liberação tecidual local com aumento do fluxo sanguíneo e por conseqüência a melhora da oxigenação do músculo, fáscia, derme e epiderme. Este método acelera a remoção de metabolitos celulares que estão no tecido epitelial.

A ventosaterapia ajuda expelir o sangue estagnado (sangue acidificado, sangue residual, toxinas) nos vasos capilares. Filtra o sangue doente e decompõe as toxinas acelerando o processo de regeneração das proteínas do soro, e promove a renovação sanguínea sem que haja desperdício de uma única gota de sangue. Ao mesmo tempo a força do vácuo dinamiza a troca gasosa nos tecidos da epiderme, estimulando a oxigenação e a respiração cutânea, o que auxilia na purificação sanguínea.

Ela também possui efeito no retardamento da velhice, segundo a sua teoria o sangue purificado é um sangue renovado e rico em cálcio, resistente à acidificação. É fonte de novos nutrientes para as células, retardando o processo de envelhecimento e estimula os nervos para maior produção de hormônios que fortalecem o metabolismo.

É um método muito seguro e de fácil aplicação porem, é necessário tomar alguns cuidados com as indicações e contra-indicações, conhecer as limitações de toda técnica é o melhor caminho para minimizar os erros, fazer uma boa avaliação é a maneira mais correta para escolha do procedimento a ser utilizado. Procure sempre um profissional especializado e agende a sua avaliação.

Dr. Bruno campos de Andrade
Fisioterapeuta pela Universidade Paulista
Especialista e Acupuntura pela Faculdade Einstein em parceria com a Associação Brasileira Cientifica de Fisioterapia.
Quiropraxista pelo Institudo Brasileiro de Quiropraxia.
Formação em Medicina Tradicional Chinesa pela Faculdade Einstein em parceria com a Associação Brasileira Cientifica de Fisioterapia.
Especialista em Fisioterapia nas Afecções da Coluna Vertebral pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. 

19/09/2018

Segundo IBGE, ¼ dos municípios brasileiros não tem política de gestão saneamento

Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (19) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e...

14/09/2018

Agosto Dourado foi marcado por ações de orientações sobre amamentação

O Agosto Dourado foi fundado em 1991 pela Aliança Mundial de Ação pró-amamentação. Desde então o...

10/09/2018

Osasco e região promove a II Jornada Ostomia dia 22 de setembro

A cidade de Osasco e região realizará, no dia 22 de setembro, das 09h às 13h, a II Jornada Sobre...

10/09/2018

Começa a valer suspensão da venda de 26 planos de saúde

ingle

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.