Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Metalúrgicos de Taboão, Cotia e Osasco param nesta quinta-feira

Por Outro autor | 29/09/2016

metalurgicos

Divulgação - Facebook Entre as medidas que podem gerar empregos sem mexer em direitos, como é o caso da proposta de renovação da frota de veículos, que tem potencial de gerar 18 empregos para cada posto criado numa montadora

Os metalúrgicos da região de Taboão, Cotia e Osasco preparam para esta quinta-feira, 29, uma série de paralisações e manifestações, como parte Dia Nacional de Paralisações e Lutas em Defesa dos Direitos. As manifestações e paralisações começam às 7h.

Além de manifestações nas portas de fábricas, haverá manifestação em quatro municípios da base da entidade: Osasco, Barueri, Cotia, Taboão da Serra. Tudo isso para protestar contra os planos do governo Temer de mexer na Previdência, na legislação trabalhista e nos recursos para a Saúde e Educação. “A pauta é uma só: defesa de direitos e cobrança de medidas que efetivamente reaqueçam o setor e a economia como um todo, gerar empregos, mas com qualidade e respeito aos direitos”, defende o presidente do Sindicato, Jorge Nazareno.

 Entre as medidas que podem gerar empregos sem mexer em direitos, como é o caso da proposta de renovação da frota de veículos, que tem potencial de gerar 18 empregos para cada posto criado numa montadora. 

Ao todo, 2 milhões de metalúrgicos participam do Dia Nacional de Paralisações, articulado pelos sindicatos, federações e confederações, ligados às diferentes centrais sindicais.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.