Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Taboão e Itapecerica tiveram ação da PF na etapa da Lava Jato que prendeu Palloci

Por Outro autor | 26/09/2016

lava_jato

Divulgação Ex-ministro Antônio Palloci foi preso durante a 35ª fase da operação Lava Jato

Taboão da Serra e Itapecerica da Serra estão entre as cidades onde a Polícia Federal, com o apoio da Receita Federal, deflagrou na manhã desta segunda (26), a 35ª fase da Operação Lava Jato, intitulada Operação OMERTÀ, que levou para a cadeia o ex-ministro Antônio Palloci.  A polícia cumpriu um mandado de busca e apreensão e outro de condução coercitiva em Itapecerica. Em Taboão da Serra também houve um mandado de busca e apreensão e um mandado de condução coercitiva.

Os endereços onde aconteceram as buscas e apreensões nas duas cidades não foi revelado. Os nomes das pessoas conduzidas coercitivamente também ainda permanecem desconhecidos.

Ao todo as equipes policiais cumpriram 45 ordens judiciais, sendo 27 mandados de busca e apreensão, 03 mandados de prisão temporária e 15 mandados de condução coercitiva.

Aproximadamente 180 Policiais Federais e Auditores Fiscais cumpriram as determinações judiciais em cidades nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Nesta fase da operação Lava Jato estão sendo investigados indícios de uma relação criminosa entre um ex-ministro da Casa Civil e da Fazenda com o comando da principal empreiteira do país. O investigado principal atuou diretamente como intermediário do grupo político do qual faz parte perante o Grupo Odebrecht.

Há indícios de que o ex-ministro atuou de forma direta a propiciar vantagens econômicas ao grupo empresarial nas mais diversas áreas de contratação com o Poder Público, tendo sido ele próprio e personagens de seu grupo político beneficiados com vultosos valores ilícitos.

Dentre as negociações identificadas foi possível delinear as tratativas entre o Grupo Odebrecht e o ex-ministro para a tentativa de aprovação do projeto de lei de conversão da MP 460/2009 (que resultaria em imensos benefícios fiscais), aumento da linha de crédito junto ao BNDES para país africano com a qual a empresa tinha relações comerciais, além de interferência no procedimento licitatório da PETROBRAS para aquisição de 21 navios sonda para exploração da camada pré sal.

Outro núcleo da investigação apura pagamentos efetuados pelo chamado “setor de operações estruturadas” do Grupo Odebrecht para diversos beneficiários que estão sendo alvo de medidas de busca e condução coercitiva.

São apuradas as práticas, dentre outros crimes, de corrupção, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

O nome “OMERTÀ” dado à investigação policial é uma referência a origem italiana do codinome que a construtora usava para fazer referência ao principal investigado da fase (“italiano”), bem como ao voto de silêncio que imperava no Grupo Odebrecht que, ao ser quebrado por integrantes do “setor de operações estruturadas” permitiu o aprofundamento das investigações. Além disso, remete a postura atual do comando da empresa que se mostra relutante em assumir e descrever os crimes praticados

Nos casos dos investigados para os quais foram expedidos mandados de condução coercitiva, foram levados às sedes da Polícia Federal nas respectivas cidades onde foram localizados a fim de prestarem os esclarecimentos necessários. Os investigados foram liberados após serem ouvidos no interesse da apuração em curso. 


21/09/2017

Rapaz confunde carro e é morto por agente penitenciário em Itapecerica da Serra

Um agente penitenciário pensou que seria vítima de um assalto, atirou em homem que estava...

21/09/2017

Fiscalização do CROSP em ação conjunta com a Vigilância Sanitária identifica pro

Depois de receber uma denúncia sobre suspeita de exercício ilegal da Odontologia, na cidade de...

21/09/2017

Polícia prende seis pessoas suspeitas de integrarem quadrilha de roubo de cargas

A Polícia Civil conseguiu efetuar a prisão de seis pessoas na noite desta quarta-feira (20), em...

20/09/2017

PM prende quadrilha armada acusada de assaltos no Monte Alegre e região

A Polícia Militar prendeu na noite desta terça-feira, 19, quatro homens acusados de praticar...

19/09/2017

Polícia Federal investiga fraudes em 14 concursos públicos

A Polícia Federal descobriu fraudes em 14 concursos públicos nacionais aplicados pela Fundação...

16/09/2017

PM recupera aparelhagem de som roubada de igreja no valor de 8 mil em Embu

Uma ação rápida da PM resultou na prisão de dois homens acusados de furtar toda a aparelhagem de...

10/09/2017

Moradores do Vista Alegre denunciam assaltos cometidos por trio de menores

Cansados dos assaltos constantes, os moradores do jardim Vista Alegre, em Embu das Artes,...

08/09/2017

PM prende três homens por roubo de veículo e tentativa de homicídio em Taboão

Três homens foram presos por policiais da 3ª Cia do 36M, na noite desta quinta-feira, 7 poucas...

06/09/2017

ROMU de Taboão recebe novos escudos entregues pelo prefeito Fernando Fernandes

A equipe do ROMU (Ronda Ostensiva Municipais), da Secretaria de Segurança Pública de Taboão da...

21/09/2017

Rapaz confunde carro e é morto por agente penitenciário em Itapecerica da Serra

Um agente penitenciário pensou que seria vítima de um assalto, atirou em homem que estava...

21/09/2017

Corpo de Bombeiros conteve princípio de incêndio na cozinha da Sercom, em Taboão

Um foco de incêndio cuja causa ainda não foi identificada, na cozinha do refeitório da empresa...

21/09/2017

Embu Summer Fest acontece em dezembro e venda de ingressos começa dia 20

Entre os dias 14 e 17 de dezembro, a A Luz Eventos realiza em Embu das Artes/SP o Embu Summer...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.