Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vitor Medeiros diz estar confiante de que a eleição terá segundo turno em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 18/09/2016

vitor900

Sandra PereiraCaminhada deste sábado, 18

Acompanhado pelo pai e correligionários, demonstrando a empolgação já característica de suas caminhadas, o candidato a prefeito de Taboão da Serra pelo PSL, Vitor Medeiros, fez corpo a corpo com eleitores no jardim Ouro Preto e  Pazzini na manhã do sábado, 17.  À tarde ele caminhou no jardim Trianon. Medeiros se mostrou confiante com a possibilidade de ir para o segundo turno da eleição.

“As pessoas estão sendo muito solidárias com a gente. A gente vê a revolta, mas também uma necessidade grande de mudança. As pessoas querem novas propostas e estamos apresentando isso. O cidadão de Taboão quer trabalhar e viver aqui. O que falta hoje é oportunidade. As pessoas não querem vir pra Taboão só para dormir”, declarou.

O candidato relata que pretende intensificar a agenda nesta reta final da campanha. Ele quer conversar com a maior quantidade possível de eleitores para apresentar a proposta central da sua campanha: ampliar a  geração de emprego e renda para moradores da cidade.

Por onde passa Vitor Medeiros se apresenta como a única opção de renovação política em Taboão da Serra. Ele costuma repetir que os moradores da cidade estão cansados “da velha política” e da administração de médicos, fazendo menção ao ex-prefeito Evilásio Farias (PSB) e o atual prefeito, Fernando Fernandes, (PSDB).

O candidato a prefeito do PSL afirma acreditar que apenas 30% dos vereadores atuais serão reeleitos graças “ao desejo de renovação” da população. Se for eleito, ele diz que vai tratar a Câmara com respeito e independência, já que os dois poderes são representantes diretos do povo.

“Os dois Poderes têm o respeito porque foram eleitos pelo povo, que está cada vez mais maduro e sabe escolher seus representantes”,  afirmou Medeiros.

Na região do Pazzini dois eleitores fizeram questão de declarar seu apoio a Medeiros. “Taboão ficou muito tempo esquecido. O Evilásio e o Fernando ficaram se revezando e isso cansou um pouco. Taboão é uma cidade grande, mas em termos de desenvolvimento comercial precisa evoluir”, disse Aline Rodrigues. “Gostei da simpatia e humildade dele. Campanha não tem que ser aquela coisa grande e cheia de gente. Gostei do jeito dele. Ganhou meu voto”, garantiu.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.