Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Buscarini caminha no Parque Pinheiros e entrega síntese do Plano de Governo

Por Allan dos Reis - Especial para o Jornal na Net | 5/09/2016

Buscarini_no_Parque_Pinheiros_06

Allan dos ReisBuscarini aumentou o tom de suas críticas ao atual prefeito a quem afirma não saber administrar

Na manhã deste domingo (4), o candidato a prefeito Vicente Buscarini (PV) percorreu as ruas do Parque Pinheiros para conversar com eleitores e entregou um jornal com as suas principais propostas de governo, caso vença a eleição. Ele também elevou o tom das críticas ao atual prefeito Fernando Fernandes (PSDB), que concorre a reeleição.  

“O plano de governo é uma síntese daquilo que pretendemos fazer. Mas basicamente estamos focados na área da saúde, na área da educação, na área da segurança e na questão dos jovens”, explica Buscarini.

Durante conversa com eleitores, ele ouviu pedidos por melhorias na área da segurança e saúde, mas também foi cobrado pela ausência de políticos fora do período eleitoral. “Os políticos quando precisam [do voto] estão na nossa porta”, reclamou Maria dos Anjos Alves, que tem dito “não” a todos os candidatos a prefeito e a vereador que pedem para colocar placas em sua residência. “Meu voto é secreto”.

Buscarini aumentou o tom de suas críticas ao atual prefeito a quem afirma não saber administrar. “Hoje as pessoas vão na escola e não tem vaga. Vão no posto de saúde e não tem remédio e médico. E o atual prefeito dizendo ‘eu construí, eu construí’. Só sabe construir, mas não sabe administrar. Falta nele bom senso e responsabilidade. Eu construí o triplo dele nos meus dois mandatos, mas na minha época funcionava. É para fazer funcionar o que está largado”, diz.

Se eleito, ele promete rever todos os contratos da Prefeitura, mas garante que irá respeitar os fornecedores. Na saúde, vai abrir um canal direto em seu gabinete para cuidar da saúde.

“No país democrático como o nosso, quem paga manda e quem recebe obedece. Se ele [SPDM] tem que colocar 30 médicos, ele vai colocar. Todos os contratos serão respeitados e a nossa auditoria é exatamente isso. Vamos criar um canal direto no meu gabinete para apurar qualquer tipo de desmandos na saúde”, completou.

BUSCARINI Vê AÇÃO DA GCM COMO PERSEGUIÇÃO
Um incidente com a Guarda Civil Municipal (GCM) marcou a caminhada do candidato a prefeito Vicente Buscarini (PV) no início da tarde de sábado (3) na Estrada Kizaemon Takeuti, na região do Pirajuçara. É que diversas viaturas foram deslocadas até o local para aferir se o carro de som ultrapassava a altura máxima permitida de 80 decibéis. O fato foi classificado pelo candidato como “covardia” e perseguição.

“Eu não culpo a GCM porque estão lá cumprindo  ordens. Eu culpo sem medo de falar, o secretário [Gerson Brito] que administra. Ele está nos perseguindo. A cidade no caos que está a segurança, mandaram três viaturas, três motos e 15 homens para medir o som do carro da nossa caminhada. E a maioria da GCM sem a identificação do nome. Isso é covardia”, reclamou Buscarini.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.