Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Stan faz campanha no Marabá e defende saída da SPDM das unidades de saúde de Taboão

Por Sandra Pereira | 4/09/2016

stan

Sandra PereiraAo lado de militantes do PSOL candidato a prefeito Stan fez caminhada no Marabá

Com seu pequeno e aguerrido grupo de militantes o candidato do PSOL a prefeitura de Taboão da Serra, Stan Szermeta, caminhou pelas ruas do Parque Marabá, neste domingo, 4. O grupo fazia abordagem de eleitores e falava sobre as propostas de mudanças que defendem na gestão de Taboão. Enquanto isso, Stan defendia no microfone que a ex-presidente Dilma Roussef foi vítima de golpe pela elite e o congresso.


Sempre demonstrando disposição para falar com os moradores nas ruas, Stan defende como bandeira principal da sua campanha de prefeito de Taboão da Serra a retirada da Sociedade Paulista Para o Desenvolvimento da  Medicina (SPDM), da administração do Pronto-Socorro do Antena e do Pronto Socorro Infantil. 

“Vamos tirar a SPDM da administração da saúde. Vamos fazer com que o serviço público seja público e não dinheiro para o setor privado. Também defendemos a criação de um hospital municipal em parceria com os governos estadual e federal. É uma proposta possível e vamos fazer”, disse Stan.

Ele afirma que também tem propostas inovadoras para melhorar a mobilidade urbana, administração pública, com aumento de salário dos servidores e extinção dos cargos de livre nomeação, educação, meio ambiente, juventude, lazer, esporte e cultura.                                                                                

A campanha de Stan é diferente dos demais candidatos na forma. Por onde passa o candidato e seus apoiadores usam microfone e caixa de portátil para discursar. Eles se revezam nas falas e os demais distribuem o jornal do candidato e conversam com os moradores.

Será a segunda vez que Stan Szermeta vai disputar a prefeitura de Taboão da Serra. Ele afirma estar otimista com a aceitação da população nas ruas dos bairros onde passa.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.