Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Secretária de Saúde desmente jornal de Evilásio Farias e diz que ele foi leviano e irresponsável

Por Sandra Pereira | 4/09/2016

raquel

Sandra PereiraSecretária de  Saúde de Taboão, Raquel Zacainner,  contestou informações de jornal de campanha do ex-prefeito Evilásio Farias

Indignada com várias informações contidas no jornal de campanha do ex-prefeito Evilásio Farias, a secretária de Saúde de Taboão da Serra, Raquel Zacainner, classificou a atitude dele de leviana e irresponsável. Há duas semanas  Evilásio vem distribuindo nas ruas um jornal onde consta manchete: antes tinha e agora não tem e cita o SAMU, Farmácia Popular, Programa de Saúde da Família, UPA e vários outros itens. A secretária concedeu entrevista coletiva na sexta-feira,  2, para rechaçar às informações contidas na publicação e esclarecer as dúvidas que surgiram. Ela disse que mal podia acreditar que um médico fosse capaz de fazer um panfleto contando “tantas mentiras”. Zacainner disse se sentir orgulhosa pela cidade ter o melhor serviço de saúde da região.

“Quem quer ser prefeito tem que falar a verdade. Não pode sair pela cidade espalhando mentiras. Me senti indignada, ultrajada com a irresponsabilidade do ex-prefeito e foi por isso que quis falar com a imprensa a esse respeito”, declarou Raquel Zaicanner. 

Ela conta que ao assumir o cargo em janeiro de 2013, o prefeito Fernando Fernandes encontrou apenas 39 médicos atendendo nas UBS (Unidades Básicas de Saúde). “Hoje a prefeitura tem 268 médicos concursados, sem contar os médicos dos pronto-socorros contratados pela empresa gestora”, enumera.

SAMU


A secretária da Saúde relata que no início da sua gestão teve de retirar de circulação três ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). “Elas não tinham condições de rodar. A prefeitura comprou três novas ambulâncias, e o Ministério da Saúde enviou uma. Colocamos para funcionar também as motolâncias (atendimento emergencial por meio de motocicletas) que não existia no governo Evilásio”, diz a secretária. 

Além do serviço de resgate, hoje o SAMU de Taboão da Serra faz treinamentos de capacitação continuada em socorrismo não só para os seus próprios funcionários, mas também para perueiros do transporte escolar, funcionários de escolas municipais, funcionários do Trânsito, Guardas Municipais, professores de escolas particulares, e nas Unidades Básicas de Saúde. 

UPA Akira Tada


O prédio onde funcionava o PS Akira Tada tinha apenas 568 metros quadrados e quatro consultórios. Atualmente atende no prédio da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) três vezes maior, com 1.569 metros quadrados. O prédio antigo foi totalmente reformado e convertido em Centro de Especialidades Médicas com 14 consultórios e 24 especialidades. 

“A UPA deveria ter sido feita pelo ex-prefeito Evilásio. Ele firmou contrato com o Ministério da Saúde em 2009, recebeu a primeira parcela em 2010, e nada construiu. Assumimos a obra em janeiro de 2013, e inauguramos na véspera do Natal daquele mesmo ano”, recorda Raquel.
“Tivemos de refazer o projeto inicial da UPA. O governo Evilásio projetou a unidade com entrada apenas pela Estrada São Francisco. O Dr. Fernando criou a alça de acesso de emergências pelo lado da BR-116”, diz a secretária.

Farmácia Popular


O folheto de Evilásio diz que a Farmácia Popular foi extinta em Taboão da Serra. “Não é verdade”, rebate Raquel. “O sobrado onde funcionava a farmácia popular no Pirajuçara é propriedade da esposa do próprio prefeito da época. O Ministério Público determinou que aquele contrato de aluguel fosse desfeito. E trouxemos a Farmácia Popular para um prédio próprio, livre de aluguel, na UBS Marabá/Oliveiras”. 

A secretária explica que a UBS Marabá/Oliveiras substituiu a unidade que funcionava em prédio alugado no Jd Maria Rosa. “Era um prédio insalubre, a UBS funcionava no porão do edifício”, conta.
Atualmente a Prefeitura de Taboão da Serra move uma Ação Civil Pública para que a região do Jd Maria Rosa receba uma área institucional não destinada por um empreendimento imobiliário aprovado pelo governo Evilásio. O local servirá para construção de UBS, escola, etc.

Programa Saúde da Família




Em seu folheto Evilásio alega que o município não conta com o Programa Saúde da Família (PSF). “Existe, e ampliamos muito o PSF”, garante a secretária. “Na gestão Evilásio havia apenas quatro equipes com 96 agentes comunitários, só dois carros para esse pessoal, e nem um médico. Hoje temos 112 agentes comunitários em 15 equipes, seis médicos concursados pela prefeitura, quatro médicos do Provab, cinco médicos do Programa Mais Médicos, além de cinco viaturas a serviço do PSF”, contabiliza. Os agentes comunitários estão distribuídas em cinco equipes No Jd Margaridas, quatro no Jd Salete, três no Jd Record/Ponte Alta, uma no Jd Leme/Silvio Sampaio, e uma no Jd Panorama (neste local serão duas equipes com a chegada de mais um médico)”.

Imagem Digital


A propaganda política do ex-prefeito diz que em seu governo havia imagem digital em todos os pronto-socorros. “Mentira”, diz Raquel Zaicaner. “O único local que eles tinham imagem digital era no PS Antena, e mesmo assim não funcionava, porque não pagavam a empresa que opera o serviço. Hoje temos raio-X em todos os nossos três pronto-socorros”.

Outro ponto desmentido pela secretária é o fornecimento do kit-diabetes. “Continuamos fornecendo, ampliamos o número de pessoas atendidas, inclusive com insulinas não padronizadas”.

Programa de Atenção Domiciliar


Na atenção a pacientes no próprio domicílio, a secretária conta que no governo Evilásio o PAD atendia 180 pacientes. “Hoje atendemos 473 pacientes. No governo Evilásio o PAD tinha só três enfermeiros, e não havia médicos. Hoje temos cinco médicos, três enfermeiros, 15 auxiliares de enfermagem, duas nutricionistas, dois assistentes sociais, um dentista, quatro fisioterapeutas, um psicólogo, funcionário administrativo, estagiários, e cinco motoristas.  Entregamos no domicílio dieta enteral para 35 pacientes. Fraldas para 395 pacientes. Temos 74 pacientes sendo acompanhados em fisioterapia crônica, e 26 pacientes acompanhados em fisioterapia aguda.Temos 96 pacientes atendidos com oxigênio domiciliar, em que distribuímos não apenas oxigênio gasoso em tubo, mas também o concentrador de oxigênio e o oxigênio líquido, para pessoas que precisam se deslocar para o trabalho ou para a escola. Temos 64 pacientes recebendo curativo domiciliar. Como pode dizer que o PAD acabou?”, questiona a secretária.


Mutirão dentário


“Continuamos fazendo”, afirma a secretária da Saúde. “Neste sábado mesmo, dia 3 de setembro, temos mutirão dentário, e atendemos crianças e adultos”.

A secretária explica ainda que desde o ano de 2014 “colocamos a UBS Parque Pinheiros/CSU para funcionar normalmente de segunda-feira a sábado, com clínico geral, pediatra, ginecologista, psiquiatra”. 

Com relação à valorização dos profissionais da Saúde, o prefeito Fernando Fernandes encaminhou à Câmara, e foi aprovado, projeto neste sentido. 

Com relação à denúncia de que seringas estariam sendo reutilizadas, a secretária informou que foi feita sindicância pela Prefeitura, e fiscalização pelo CRM (Conselho Regional de Medicina) e o conselho regional de Enfermagem. “Esta calúnia foi uma crueldade que levou desespero a quem necessita do serviço público”, lamentou.

Agendamento


O panfleto distribuído pelo político diz que o município não conta com o Sistema Nacional de Regulação da Saúde. “Instalamos o serviço de regulação aqui na secretaria”, mostra a secretária. “Este serviço começa todos os dias desde as 6h30 da manhã, e até as 21h ainda tem funcionárias aqui trabalhando”, explica.

Fisioterapia


A secretária da Saúde informou que o Serviço Especializado em Reabilitação enfrentou problemas com a estrutura do prédio, que é alugado. “Tivemos de trocar toda a rede elétrica interna, porque a energia caia quando muitos aparelhos eram ligados ao mesmo tempo. Também tivemos de reconstruir a piscina, pois uma raiz de árvore rachou o fundo da piscina, que agora funciona normalmente, inclusive com seu sistema de aquecimento de água”. 

A secretária informa que o serviço de fisioterapia funciona inclusive aos sábados. “Se o nosso serviço não fosse eficiente, não teríamos aqui como estagiária uma professora da USP que é vice-presidente do Conselho Regional de Fisioterapia”.

Zoonoses


Raquel Zaicaner finalizou sua explanação aos jornalistas com uma afirmação enfática. “O Centro de Controle de Zoonoses do governo Evilásio era um centro de eutanásia. O prédio da Zoonoses não tinha sequer rede de esgoto para coletar fezes e urina dos animais. Os bichos eram levados lá para serem sacrificados”.

Hoje a prefeitura trabalha em parceria com ONGs e protetores de animais que atuam de forma independente. Todos os meses são feitos mutirões de castração, além das castrações que ocorrem rotineiramente no Centro de Zoonoses.

Com informações de David da Silva e Jornal Atual

victor gabriel prado

Gostaria aqui de expressar minha indgnação principalmente com o samu em taboão da serra, eu precisei de uma ambulância e ao ligar 192 fui informada que não havia carro que provavelmente iria demorar 1 hora para que eu fosse atendido e que o samu conta apenas com 3 ambulâncias em funcionamento, 3 ambulâncias meu Deus do céu, sem contar que esse negocio de saúde da família é balela, tenho a informação que teria uma agente de saúde que passaria ao menos 1 vez por mês na casa de minha mãe que tem vários problemas de saúde, coisa que nunca aconteceu agora me explique como pode isso ela mora no record ponte alta rua cabreuva e nem na casa dela nem na casa dos vizinhos nunca passou, o que sera que esta acontecendo doutora Raquel?

Renata

Prove que o Dr. Evilasio está sendo leviano e mentindo... Não será a senhora sectetária que estaria mentindo ??? Mostre documentos,como por exemplo o que o ministério público pede que a Farmácia Popular saia do antigo prédio...

03/01/2017

Alckmin fecha acordo com BNDES para fábrica de vacina contra a dengue

02/01/2017

Clínica São Bento melhora estrutura para atender mais e melhor em 2017

05/12/2016

Mutirão de renegociação de dívidas da Sabesp chega à região

04/12/2016

Tratamento pós-exposição ao HIV é tema de capacitação para profissionais em Tabo

29/11/2016

Saúde e Educação de Taboão discutem resultados do Programa Elos

20/11/2016

Saúde de Taboão realiza atividades na Semana da Consciência Negra

16/11/2016

Nutricionista auxilia tratamento de pacientes da Clínica São Bento

15/11/2016

Homens devem se inspirar na campanha Novembro Azul e realizar exames

15/11/2016

Saúde de Taboão realizou 1.030.295 atendimentos entre maio e agosto

28/10/2016

Campanha Outubro Rosa é sucesso no Largo da Matriz em Itapecerica

19/01/2017

Moradores de Taboão já se preparam contra as fortes chuvas de janeiro

As chuvas que caíram desde o início da semana em toda a região, tem preocupado a população. Os...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.