Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Taboão e Embu estão entre as 100 cidades mais desenvolvidas

Por | 7/10/2010

embu.bmp

Embu e Taboão ficaram entre as 100 cidades, já Itapecerica apareceu embaixo no ranking

As cidades de Embu das Artes e Taboão da Serra figuram na lista das mais desenvolvidas do País. De acordo com a Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro) que divulgou nesta semana o seu estudo anual do Índice de Desenvolvimento Municipal, a cidade de Taboão da Serra aparece no ranking como 83ª cidade mais desenvolvida do país. No estado de São Paulo ocupa a 68ª posição.

Já Embu das Artes aparece em seguida ocupando a 86ª posição no ranking nacional, ficando na frente da cidade de São Paulo. A cidade ficou na 71ª colocação na área de emprego e renda (geração e salários médios de empregos formais), sendo a 11ª colocada no Estado de São Paulo.

No geral Embu subiu de 0,7358 para 0,8469. Na área de emprego e renda a variação foi de 22,4% - de 0,7625 para 0,9332. Em educação, subiu de 0,7000 para 0,7722; e na saúde, de 0,7449 para 0,8354.

Com o índice que vai de 0 a 1 (sendo 1 a nota mais alta), Taboão da Serra recebeu a nota de 0,8752 em Emprego e Renda. Na área de educação 0,8123 na cidade e 0,7083 no Brasil. Já na Saúde a nota foi 0,8542 com a média nacional de 0,7830. Em comparação com o estudo de 2000, a cidade cresceu 8,9% na nota e conseguiu subir mais de 30 posições no ranking nacional.

A cidade de Itapecerica da Serra não apareceu entre as 100 mais desenvolvidas do país, amargando a 222ª posição no Brasil e a 140ª cidade no Estado. Na área de emprego e renda a cidade recebeu a nota de 0,7490. Em educação a nota foi de 0,8007 e na saúde 0,8526.

A pesquisa é baseada em dados de 2007 e também avaliou os índices de educação e saúde em 5.564 cidades brasileiras.

Com informações e Foto de Daniela Karin da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Embu das Artes

 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.