Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Após tentativa de assassinato por ex-companheiro mulher luta por Justiça em Taboão da Serra

Por Outro autor | 6/10/2010

violencia_350.JPG

Essas fotos são as provas das agressões cometidas pelo acusado

O sonho de um casamento feliz se tornou pesadelo na vida de Elizabeth Amorim dos Santos, moradora de Taboão da Serra. Vítima da violência do marido por diversas vezes ela rompeu a barreira cruel do silêncio graças ao apoio da Coordenadoria dos Direitos das Mulheres de Taboão. Agora ela luta por justiça e pede que o ex-companheiro pague pela tentativa de assassinato e as agressões que sofreu.

O ex-marido dela, agora foragido da justiça, José Maria Bento da Silva, a agrediu várias vezes. Na última vez, já estando separada, Elizabeth quase foi morta por ele e precisou  realizar até procedimentos cirúrgicos em função das agressões que sofreu.

“No primeiro ano de casamento (2006), ele era muito carinhoso, me tratava bem, mas já bebia. Em 2007 sofri a primeira agressão. Quando ele bebe fica super violento. Ele tem ciúme de tudo, em 2009, um mês antes da última agressão fui agredida com um soco no ponto de ônibus, ele me xingou e bateu. Fiz o Boletim de Ocorrência, mas ele não foi chamado para prestar esclarecimentos ”, contou.

Por não ser intimado a comparecer na delegacia, José Maria, mais conhecido como Bento, Sílvio ou Ziza, aproveitou e tramou o assassinato de Elizabeth.

“Como já tinha me separado começou a  me ameaçar, ligar, mandar recados. No dia 19 de abril, quando cheguei a casa, ele tinha pulado o muro. Estava visivelmente transtornado. Apontou uma faca e ficou dizendo que ia me matar. Levei duas facadas na cabeça, uma no rosto e duas no colo, além de levar uma garrafada no rosto. Tentei me defender, mas ele é muito forte”, relatou emocionada relembrando os momentos de horror que passou graças ao ex-companheiro.

Elisabeth  foi socorrida e levada para o Hospital da Antena e precisou aguardar uma vaga para ser transferida e realizar várias cirurgias. “Os integrantes do SAMU me socorreram e a todo o momento me perguntavam onde fui ferida, porque eles não conseguiram encontrar de tanto sangue no meu corpo. Não sentia dor nas feridas, a única dor foi a magoa que estava na minha cabeça e no coração”, afirmou Elizabeth.

Corajosa e recuperada de todos os ferimentos, Elizabeth agora luta  por justiça. “Não é possível depois de tantas agressões e de planejar meu assassinato ele continuar solto. A Polícia precisa encontrá-lo. Quero que a justiça seja feita e que ele pague por tudo que fez contra mim”, concluiu.De acordo com Maria Amélia Alencar, coordenadora do Direito das Mulheres de Taboão da Serra, o acusado planejou o assassinato de Elizabeth dias antes da agressão.

“Bento desalojou a casa onde morava, colocou tudo dentro do carro e partiu para a casa da vítima. Após terminar o trabalho, ele fugiria com seu carro. Mas o plano deu errado, pois ele esqueceu a chave na casa de Elizabeth. Até agora a vítima está com o carro dele”, explicou.

Maria Amélia ressaltou que os casos de violência doméstica precisam ser analisados um de cada vez, sem generalizar, porque cada caso é específico. “A questão da violência contra a mulher precisa ser tratada de maneira diferente. Em alguns casos o homem também precisa ser tratado, mas em outros é a mulher que precisa de ajuda, pois está se matando aos poucos com tanto sofrimento. Muitas delas acabam convivendo com o sofrimento e tem medo de denunciar. Mas a denúncia é muito importante”, salientou.

Segundo  ela, muitas vítimas não encontram apoio na Polícia e na Delegacia da Mulher, pois são obrigadas a esperar muito tempo para fazer o B.O, ou o caso não é analisado com cuidado. “Na Coordenadoria da Mulher, trabalhamos para dar atenção a cada caso e solucionar o problema”, finalizou.

Ficha Criminal do agressor

Além dos quatro processos de agressão em Elizabeth, José Maria Bento da Silva já respondeu em 1989 a um outro processo também de violência doméstica contra a sua ex-mulher. Em 2004 ele foi preso por roubo.

violencia_02.JPG

Agressor está foragido; qualquer pista ligue 181 (disque-denúncia)

Serviço:

Coordenadoria dos Direitos das MulheresRua: Miguel Ortega, 506 – Parque Assunção – Taboão da Serra/SPTelefones: (11) 4788 5378 / 4788 5659

Texto: Karen Santiago e Sandra Pereira

22/04/2018

Quatro suspeitos são presos durante assalto a farmácia em Itapecerica

Um homem e três menores foram presos na noite do último sábado (21), após tentativa de assalto a...

21/04/2018

Adolescente que estava desaparecido em Taboão foi encontrado

Depois de onze dias, o pesadelo da família do adolescente Luís Gustavo de Oliveira Vieira chegou...

19/04/2018

Caminhoneiro morre após parar para ajudar motorista em Rodoanel Sul

O motorista de uma carreta morreu baleado, na noite da última quarta-feira (18), após reagir a...

17/04/2018

Policiais salvam bebê de 10 dias de parada respiratória em Itapecerica

Policiais da 1ª Cia do 25º Batalhão de Polícia Militar salvaram a vida de uma bebê de apenas 10...

17/04/2018

Inscrições de concursos para investigadores e escrivães começam hoje

Governo do Estado de São Paulo vai selecionar 1.400 novos policiais civis por meio dos dois...

15/04/2018

RPM prende três homens com maconha, cocaína e crack em Taboão

Policiais da RPM prenderam na noite desta sexta-feira, 13, três homens acusados de tráfico de...

15/04/2018

Força Tática prende foragido da justiça do estado de Pernambuco em Itapecerica

Foragido da justiça foi capturado na noite da última sexta-feira, 13, pela Força Tática quando...

15/04/2018

Policial de folga prende três homens acusados de furtar palmito

Um policial militar de São Lourenço da Serra estava de folga quando  juntamente com seus...

13/04/2018

Motoqueiro rouba alianças de casal do Embu num semáforo de acesso a BR em Taboão

Um assaltante numa moto roubou as alianças de um casal de moradores de Embu das Artes, quando...

24/04/2018

Governo de SP quer vacinar 10,7 milhões de pessoas contra a gripe

O governador Márcio França participou, nesta segunda-feira (23), da abertura da campanha...

24/04/2018

Maioria dos brasileiros até 14 anos vivem em situação de pobreza

Mais de 40% de crianças e adolescentes de até 14 anos vivem em situação domiciliar de pobreza no...

24/04/2018

Redução de peso pode evitar 15 mil casos de câncer por ano no Brasil

Estima-se que pelo menos 15 mil casos de câncer por ano no Brasil, ou 3,8% do total, poderiam...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.