Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Criminosos fazem arrastões em ônibus de Taboão, Embu e Itapecerica e causam pânico

Por Anderson Dias | 21/07/2016

assalto

DivulgaçãoUsuários do transporte público reclamam de assaltos dentro de ônibus 

Passageiros do transporte público de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra não sabem mais o que fazer para evitar os assaltos constantes sofrido dentro dos ônibus nas três cidades. O medo passou a fazer parte da rotina de quem usa os coletivos. Isso sem falar nos assaltos constantes nos pontos de ônibus. Os usuários dos coletivos relatam que os assaltos ocorrem quase diariamente.

“Já entro nos ônibus com medo. Olhando de lado. A pessoa paga caro para andar em pé em ônibus lotado, velho e muitas vezes ainda é assaltado. É muito azar. Os bandidos entram em grupo assaltam todo mundo e saem rápido”, confessa uma vendedora que diz já ter sido assaltada no ônibus três vezes.

Nas últimas semanas, segundo os passageiros, a ação dos bandidos tem ocorrido todos os dias. A maioria dos crimes ocorre durante a tarde e noite são mais comuns de acordo com o relato dos usuários do transporte, que afirmam ainda que os assaltos, tem ocorrido com a presença de um menor junto a um adulto.

“Todos os dias trabalhadores são vítimas dentro dos ônibus, tá difícil acreditar na segurança e pegar ônibus mais ainda”, disse a passageira Vilma dos Santos. 

Em pontos estratégicos os criminosos traçam o histórico das linhas, perfil de passageiros e dão o bote. Abrigos de ônibus têm servido para local de encontro aos envolvidos nos arrastões.

“Eu mesma já ouvi conversas aqui no ponto, dos bandidos tramando o que iriam cometer e combinando local de encontro”, disse outro passageiro que prefere não se identificar. 

As paradas de ônibus como por exemplo, a da Sercom, em Taboão da Serra, que margeia a BR, possui um abrigo que não possui iluminação, de acordo com os funcionários da empresa de telemarketing, eles precisam estar em grupos quando saem do trabalho, para se sentirem mais seguros. “Esse ponto da Sercom aqui em Taboão, é a casa deles, aqui eles abordam, intimidam e levam o que tiver que levar”, disse a atendente Paula.

Já em Embu das Artes o alvo são os pontos perto das passarelas e terminal turístico, que a noite contam com uma iluminação precária, segundo relatos dos passageiros. Entretanto, dentro dos coletivos durante a passagem no município, os bandidos também agem cruelmente.

“Assalto diariamente dentro dos ônibus aqui, eu já vi, e não tem ninguém na hora para coibir, é só imposto e insegurança diariamente”, desabafou um passageiro.

Itapecerica da Serra não escapa do bando, eles fazem suas vítimas por lá, em pontos de ônibus próximos ao ginásio, caixa d’agua e Jardim Jacira. Esses são alguns dos locais citados por passageiros, que passaram a ter medo de pegar ônibus temendo o pior.

 “Fica complicado sair para trabalhar, estudar e fazer os afazeres que dependem do transporte, o medo pega a todos e os bandidos fazem a festa”, disse uma passageira.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.