Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Pedro Paulo e Alex encerram com grande público a 38ª Festa do Peão de Itapecerica

Por Anderson Dias | 17/07/2016

pedroalex_1

O último dia do rodeio de Itapecerica da Serra, recebeu a dupla sertaneja Pedro Paulo e Alex, e mesmo com a chuva que caiu na região, conseguiram atrair um grande público para o show. “Chegamos em Itapecerica, boa noite gente. Festa do Peão de Boiadeiro. Estamos em casa então”, disse Pedro Paulo.
Ao contrário de muitas duplas sertanejas, Pedro Paulo e Alex não são irmãos, e sim, amigos que se conheceram e formaram a dupla ainda na época da faculdade, em Umuarama-PR. “Olha quanta gente, valeu por terem vindo galera. Bora cantar bastante hoje aqui”, disse Alex.

Foi em 2011, que os amigos gravaram o primeiro CD, despontando uma nova voz no cenário musical e que ganhava as rádios de todo o país. A música “Fama de Pegador”, tornou os rapazes cada dia mais populares. Durante a Festa do Peão, “Tem muita música pra cantar ainda, vamos cantar?”, disse Pedro Paulo.

Alex Stella, o Alex, é a primeira voz da dupla, já o Pedro Paulo Amorim, o Pedro Paulo, é o segunda voz. Ambos são detentores de timbres de voz marcante, e que agrada multidões que os acompanham em suas apresentações.

As músicas cantadas no show foram: “Meu Corpo da Sinal”, “As Novinhas Tão sensacional”, “Quem Namora Eu”, “Loka Loka”, “Hoje Eu To Pro Crime”, “Ela bebe, Trupica e Não Cai”, “Guenta Pressão”, “Vem Vem”, “No Chaveco e No Chinelo”, “Vixe Não Me Conhece”, “Sému Bruto Mémo”, entre outros.

Essa foi a 38ª Festa do Peão de Itapecerica da Serra, e durante os 6 dias do evento reuniu em seu palco, os maiores nomes da música sertaneja, que são sucesso em todo o Brasil, como Simone e Simaria, Leonardo e Eduardo Costa, Jorge e Mateus, Wesley Safadão, Henrique e Juliano e Pedro Paulo e Alex.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.