Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Dilma Roussef visita Taboão da Serra e elogia condomínio João Cândido

Por Sandra Pereira | 9/07/2016

minhacasa

Sandra PereiraDilma Rousssef, MST e MTST anunciaram atos de resistência contra o governo Temer e cobraram manutenção de investimentos do Minha Casa Minha Vida

A presidente afastada Dilma Roussef esteve no Condomínio João Cândido, no Jd. Salete em Taboão da Serra, nesta sexta-feira, 8, quando foi recebida por centenas de militantes dos movimentos de moradia. A presidente veio participar de um ato em defesa do Programa Minha Casa, Minha Vida Entidades. Os participantes do ato dispararam críticas contra o governo Temer. Acusaram o substituto da presidente afastada de atentar contra os direitos sociais e querer acabar com o Minha Casa Minha Vida.  

 Dilma Roussef elogiou a atuação dos movimentos sociais MTST e MST. Ela disse que visitou vários empreendimentos feitos no país pelo Minha Casa Minha Vida e classificou o Conjunto Habitacional João Cândido como o melhor e de maior qualidade no Brasil. Ela falou por mais de 20 minutos e criticou Temer e sua equipe chamando-os de horda do bárbaros que a tirou do poder. Apesar de se declarar vítima de um golpe a presidente rechaçou a possibilidade de renunciar ao cargo. Disse estar otimista de que irá voltar e afirmou que mulher não desiste nunca, apesar de todas as ameaças.

“Quero reconhecer a qualidade das construções que vi aqui. Superam todas as demais que já vi no Brasil, e o que é mais importante, com o mesmo custo, com o mesmo dinheiro. Isso porque vocês estão na direção desse processo. Aqui tem um programa muito bem sucedido. Fico muito feliz de ver o sucesso desse programa aqui em Taboão da Serra”, comemorou. 

 A presidente afastada citou a sugestão que a CNI fez ao governo provisório, de aumentar a jornada de trabalho de 44 para 80 horas semanais. Dilma chamou a proposta é um absurda e chegou a dizer que se trata de um retrocesso histórico. Para ela o governo golpista tem como objetivo retirar direitos sociais e individuais, como o programa Minha Casa Minha Vida.

Guilherme Boulos, líder do MTST, anunciou no ato que o movimento vai liderar em todo o país atos de resistência contra o governo Temer, a partir deste mês.  

O ex-vereador Paulo Félix, líder do MST em Taboão da Serra, não escondia a satisfação de receber a presidente afastada dentro do condomínio fruto da mobilização do movimento na cidade.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.