Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Evilásio Farias assina convênio de R$ 64 milhões para combater enchentes em Taboão da Serra

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 30/09/2010

0000 350_4.jpg

Evilásio Farias assina contrato de R$ 64 milhões para obras de canalização do córrego Poá

O prefeito de Taboão da Serra, Evilásio Farias, assinou no dia 27 de setembro um contrato de financiamento  com o Governo Federal, através da Caixa Econômica, no valor de R$64.199.380,43, para obras de canalização e melhorias do Córrego Poá, pelo Programa Saneamento para Todos. A obra deve levar dois anos, a partir da licitação, tendo a contrapartida da Prefeitura de Taboão da Serra, no valor de R$ 3.378.914,76.  O financiamento será de 240 meses, com juros de 6% ao ano.  Serão liberados: R$ 32.099.690,16 em 2011 e R$ 32.099.690,27 em 2012.

“Essa será uma das mais importantes obras do meu governo. A canalização dos córregos vai resolver em boa parte o problema das enchentes em nossa cidade”, afirmou o prefeito Dr. Evilásio Farias.

De acordo com o superintendente Regional da Caixa Econômica Federal, Augusto Cesar Merey Vilhalba, esse foi o maior valor unitário de uma obra pública financiada pela Caixa em toda a região. “O acesso a esse recurso só foi possível porque a saúde financeira da prefeitura é boa. O pedido de financiamento passou por análise de risco da Caixa Econômica Federal e foi aprovado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Muitos municípios tentam esse financiamento, mas poucos conseguem”, disse ele.

Com o recurso, o Córrego Poá será canalizado da Avenida Getúlio Vargas, passando pelos bairros do Parque Assunção, Jardins Monte Alegre, América, Intercap, Mirna, Três Marias  e Parque Laguna, totalizando 4533 metros de canalização. “Esse canal foi dimensionado para absorver a chuva com tempo de recorrência de 100 anos, ou seja, mesmo as fortes chuvas dos últimos tempos devem ser contidas favorecendo os moradores que tanto sofrem com as enchentes nesses bairros”, explicou o secretário de Obras, Ricardo Rezende.

A  prefeitura também está trabalhando com a Sabesp para remoção de todos os lançamentos de esgoto no córrego Poá, buscando uma drenagem urbana sustentável.
 
Enchente diminuirá drasticamente na região e em São Paulo

Desde 2006, a Prefeitura de Taboão da Serra vem atuando  em obras para  diminuir as enchentes.  Além do córrego Poá, os Córregos Ponte Alta e Joaquim Cachoeira estão em obras e serão canalizados.

“O nosso objetivo é que ao final de 2012 todos os córregos estejam canalizados. Um feito que a população espera por 51 anos.  Cerca de 90% dessas obras estão sendo realizadas  nos últimos cinco anos”, salientou o prefeito de Taboão da Serra, Dr. Evilásio Farias.

As obras em Taboão da Serra, também vão contribuir para o controle das enchentes em São Paulo.   Com o controle da erosão nos córregos, materiais não chegarão ao Córrego Pirajuçara em São Paulo e nem na Calha das bacias do Tietê.  “Assim, Taboão da Serra faz sua parte no controle das enchentes das bacias do Alto Tietê”, comentou o prefeito.  

Quase  47 milhões  já foram investidos em obra de canalização dos córregos da cidade, em parceria da Prefeitura de Taboão da Serra com o Governo Federal.

Texto: Marcelo Valladão / Foto: Ricardo Vaz

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.