Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Itapecerica da Serra busca alternativas para tráfego de caminhões

Por | 30/09/2010

03_350.bmp

Caminhões trafegam por toda Itapecerica e dividem espaço com carros de passeio

Em busca de alternativas para driblar as restrições de caminhões na Marginal Pinheiros e algumas vias importantes do bairro do Morumbi, Itapecerica da Serra virou rota para os caminhoneiros e a prefeitura da cidade já estuda aplicar restrições à circulação dos veículos pesados.

A intensificação do tráfego de caminhões nas ruas estreitas de Itapecerica é facilmente percebida. De acordo com moradores da cidade, os principais horários de tráfego intenso é das 7h às 9h. “Muitas carretas passam por ruas estreitas”, afirma o morador Juliano.

Além das ruas estreitas a Estrada de Itapecerica, já prejudicada pela quantidade de buracos, uma das principais reclamações dos moradores e motoristas tornou-se uma opção para o caminhoneiro que precisa ir até Santo Amaro ou Pinheiros. Outra rota que os caminhoneiros podem fazer é atravessar o Parque Paraíso para pegar o Rodoanel em Embu.

Para o Secretário de Segurança, Trânsito e Transportes de Itapecerica da Serra, João Pereira o tráfego de caminhões nas últimas semanas teve um aumento expressivo. “O aumento de caminhões vindos de Santo Amaro e Pinheiros foi muito grande. Eles precisam obrigatoriamente passar pelo centro da cidade”, explicou.

De acordo com João Pereira um estudo de aplicação de restrições já está sendo realizado. “Precisamos aguardar os dados que comprovem o aumento no número de caminhões para tomar uma atitude. Estamos pensando em aplicar algumas restrições de horário para a circulação. Já pensamos em adotar rodízio de caminhões”, finalizou o secretário.

Número de veículos na cidade

Segundo dados divulgados pela Secretaria de Segurança, Trânsito e Transportes da cidade, as principais vias de acesso apresentam elevado tráfego de veículos, demonstrando desta maneira que estão saturadas e com o aumento expressivo de caminhões pode complicar ainda mais o trânsito na região.

Os dados divulgados de janeiro a agosto são: Avenida XV de Novembro apresentou em média tráfego de 16.158 veículos ao dia.

A Estrada de Itapecerica contabilizou 6.508 por dia. Já a Estrada Ary dos Mandus somou de janeiro a agosto em média o número de 4.542 por dia.

Com informações e foto: globo.com

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.