Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Maternidade de Embu está lacrada para reforma e gestantes são orientadas a procurar outros locais

Por Sandra Pereira | 27/06/2016

maternidade_2

Sandra PereiraEntrada da maternidade Alice Campos e do Pronto Socorro Infantil está lacrada

Desde o dia 16 de junho a maternidade Municipal Alice Campos, em Embu das Artes, foi fechada para reforma. A entrada do local foi lacrada com tapume e não há nenhuma equipe destinada a atender as gestantes que buscam atendimento ou aquelas que vão dar à luz.  Na entrada da maternidade um cartaz diz que o “atendimento foi redirecionado por motivo de reforma”, mas não informa para onde, e orienta às gestantes a buscarem mais informações no Pronto Socorro Central. Areia e entulho de construção deixados no local dão a entender que a obra foi iniciada. Parte do Pronto Socorro Infantil também está sendo reformada. 

Ao seguir essa orientação as munícipes ouvem dos atendentes que devem procurar as maternidades de Taboão da Serra ou Itapecerica da Serra. Eles também dizem que as mulheres devem ir procurar esses serviços por conta própria.  

“Tem que ir para Itapecerica, ou HGP, em Taboão da Serra. Aqui não atende mais. É melhor ir direto para uma dessas maternidades”, orientam os funcionários na recepção do PS Central. 

 A única maternidade municipal de Embu das Artes deverá ficar fechada por 5 meses para reforma de sua infraestrutura. Segundo informações da administração e dos vereadores da cidade a maternidade apresenta infiltrações no berçário, problemas na rede elétrica, entre outros que inviabilizam seu funcionamento e pode até trazer risco de infecção aos bebês e suas mães. 

 Fato curioso é que até poucos meses nenhum agente político da cidade parecia conhecer os problemas que acarretaram no fechamento da maternidade municipal. Em três anos da atual legislatura a situação crítica do local nunca foi discutida no parlamento municipal. 

Assim como o fechamento do Pronto Socorro do Vazame, o fechamento da maternidade causou ampla repercussão na cidade. O PS Vazame foi fechado para se transformar em Hospital Leito, entretanto, a mudança desagradou a população, mesmo os que reclamavam constantemente contra a qualidade do atendimento no local.  

O outro lado

A prefeitura de Embu diz que a maternidade municipal passará por reformas no telhado, hidráulica, elétrica, pintura geral, construção de novos consultórios e ampliação das salas de pré-parto e leitos de internação para oferecer um parto mais humanizado, com mais conforto e qualidade no atendimento às gestantes do município. A administração pondera que após a reforma, a Maternidade Municipal Alice Campos Machado permitirá a presença junto à parturiente de um acompanhante, durante todo o período de trabalho de parto, parto e pós-parto imediato. 

A administração esclarece que a reforma da maternidade também atende a interpelação feita pelo Ministério Público Federal (MPF). Diz que a Prefeitura de Embu das Artes foi questionada pelo MPF e fará a adequação da estrutura física da Maternidade Municipal, de acordo com a Lei 11.108/2005 (que alterou a Lei 8.080/90), que regulamenta os serviços prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).  

De acordo com a prefeitura parte do Pronto-Socorro Infantil também passará por reformas, mas seu funcionamento não será interrompido, apenas mudará a porta de entrada, que será pelo PS Central, durante o período da obra.

17/08/2018

Só 16 por cento das crianças foram vacinadas contra sarampo e poliomelite

02/08/2018

Câncer de próstata tem novo tratamento aprovado pela Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a inclusão de indicação terapêutica...

01/08/2018

Histórico familiar aumenta chance de desenvolver alcoolismo

Quem tem parentes próximos, como pais, tios ou avós que sofrem de alcoolismo tem 50% mais chance...

27/07/2018

Campanha Julho Amarelo realiza testes de Hepatite C nas Unidades de Saúde

A Campanha Julho Amarelo, realizada pela Secretaria de Saúde de Taboão da Serra, tem por...

26/07/2018

Campanha de vacinação contra a poliomielite e sarampo inicia no dia 04 de agosto

A partir do dia 04 de agosto crianças entre 1 ano e 4 anos, 11 meses e 29 dias de idade devem...

24/07/2018

Anvisa aprova genérico para tratamento do câncer de mama

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o primeiro medicamento genérico com...

19/07/2018

TC encontra irregularidades no armazenamento de medicamentos em Itapecerica

Foi divulgado nesta quarta-feira 18, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) um relatório onde...

15/07/2018

SUS tem quase R$ 2 bilhões a receber das operadoras de planos de saúde

Quase R$ 2 bilhões devidos ao Sistema Único de Saúde (SUS) não foram repassados pelas operadoras...

17/08/2018

Precisamos falar da copeira Dilma sequestrada, estuprada e assassinada

Foram 6 dias de dor, angústia, medo e uma busca intensa que terminou na descoberta do corpo com...

17/08/2018

Acidente na rodovia Régis Bittencourt deixa dezessete feridos

Dezessete pessoas ficaram levemente feridas após um acidente entre carreta e ônibus no...

17/08/2018

Só 16 por cento das crianças foram vacinadas contra sarampo e poliomelite

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.