Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

LDO 2017 prevê arrecadação de R$ 733 milhões em Taboão da Serra

Por Assessoria de Imprensa da prefeitura de Taboão da Serra | 24/06/2016

CATU

Cynthia GonçalvesLei prevê arrecadação de R$ 733 milhões

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017, para Taboão da Serra, apresentada em audiência pública da Comissão de Finanças da Câmara Municipal nesta sexta-feira, 24, prevê arrecadação de R$ 733 milhões no orçamento da cidade para o próximo ano. A saúde é a área que deve receber mais recursos, pouco mais de R$ 181 milhões, segundo a previsão apresentada. Em seguida aparece a Educação com previsão de recebimento de R$ 156 milhões.

A destinação dos recursos municipais em cada área será fixada, segundo o presidente da Comissão de Finanças, Marco Porta, durante a aprovação da peça orçamentária pela Câmara, no segundo semestre deste ano.

Porta lembrou que a audiência pública para apresentação da LDO cumpre exigência da Legislação. A LDO foi aprovada por unanimidade, em primeira votação, na sessão do dia 21 e será apreciada novamente em segunda votação na próxima semana.

O presidente da Comissão de Finanças da Câmara explicou que a LDO tem como principal finalidade orientar a elaboração do orçamento municipal para o ano seguinte. Lembrou que ela é a única lei enviada diretamente à comissão de Finanças.

“A LDO é uma previsão, dá uma ideia do que o governo espera arrecadar e onde pretende aplicar os recursos arrecadados”, esclareceu.

Marco Porta disse que após analisar a LDO fica claro que apesar da crise o governo municipal está empenhado em cumprir as metas do plano de governo. A Lei de Diretrizes Orçamentárias define como a principal finalidade orientar a elaboração do orçamento municipal para o ano seguinte.eputada Analice e prefeito Fernando Fernandes.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.